Página inicial
 
Mural de recados
23.05 | Central de coraçao
Eu nao tou entendendo mais nada dessa direçao , a parceria com o las vegas foi d ...
23.05 | Ze ligado
Mas não é com esse ataque de nervos com azul que é um dos piores jogadores que ...
23.05 | Patativa
Esta mensagem vai para o ingrato jogador Araújo,este ex jogador em atividade que ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
14/05/2011
19h05 | esportes - PERNAMBUCANO 2011
PERNAMBUCANO 2011: Sport é bicampeão pernambucano de juniores com vitória sobre o Náutico por 1x0
Clique e confira!
Com um gol de Ruan aos 18 minutos do segundo tempo, o Sport conquistou o bicampeonato pernambucano de juniores diante do Náutico, na tarde deste sábado (14), na Ilha do Retiro. O resultado coroou o time que fez a melhor campanha em toda competição. Foram 26 jogos, com 20 vitórias, cinco empates e apenas uma derrota. Somente na primeira fase, a equipe leonina somou 57 pontos, 11 a mais que o Porto, segundo colocado.

Foi um jogo de dois tempos distintos. Como precisava partir para cima, já que o resultado de 0x0 dá o título aos leões - o primeiro jogo foi 1x1 nos Aflitos - o timbu tomou a iniciativa desde os primeiros minutos.

Logo aos dois, Deivison perdeu uma grande chance, cara a cara com Leandro. Aos poucos, o Sport conseguiu adiantar um pouco a marcação e tirar o adversário do campo de defesa. A melhor chance do time da casa foi uma cabeçada de Osvaldo, que acertou o travessão.

No segundo tempo, as coisas se inverteram. O Sport ajustou a marcação no meio de campo e o Náutico não teve nenhuma grande chance de abrir o placar. Tivesse mais cuidado na hora dos contra-ataques, os donos da casa poderiam até ter vencido por uma diferença maior de gols.

Aos 18 minutos, Ruan recebeu na meia esquerda, pôs a bola entre as pernas do marcador e bateu de chapa, no ângulo esquerdo de Leandro, num belo gol. Mesmo atrás do placar, o timbu não conseguiu reunir forças nem inspiração para reverter a desvantagem na qual se encontrava.

Muito disso pela insistência nas jogadas pelo meio. Já ao Sport faltou coordenar melhor o contra-ataque. Quando conseguiu, falhou na finalização. Jefferson conseguiu deixar Ruan na cara de Leandro, mas ele perdeu o domínio e o goleiro alvirrubro conseguiu ficar com a bola.

A partir dos 30 minutos, a partida ficou mais presa no meio. O Sport sem grande ambição de atacar e o Náutico vendo suas tentativas todas frustradas até o último minuto.
 
Do Blog do Torcedor

.
 
 
 
eXTReMe Tracker