Página inicial
 
Mural de recados
25.07 | luciano
pra resolver o problema do central, não é preciso fechar as portas , e sim os só ...
24.07 | Franco
Carlos e Paulo Alvinegro, vcs pelo menos são sócios, ou apenas críticam e defend ...
24.07 | Paulo alvinegro
Parabéns Carlos pelo seu comentário. ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
09/05/2011
00h07 | esportes - PERNAMBUCANO 2011
SPORT 0x2 SANTA CRUZ: Vitória da aplicação
Clique e confira!

O Santa Cruz provavelmente não teria vencido o Sport neste domingo sem o talento individual de Gilberto. O golaço do artilheiro coral melhorou muito a situação da sua equipe na partida. Porém, a base da vitória tricolor foi a estratégia de jogo acertada e grande aplicação tática por parte dessa equipe. Novamente os comandados do técnico Zé Teodoro mostraram grande capacidade de suportar pressão e souberam anular as peças de ataque do adversário.

No desenho acima, verifica-se o posicionamento geral dos jogadores na partida.

O Santa Cruz matou a criação de jogadas do Sport na raiz. Everton Sena marcou individualmente o meia Marcelinho Paraíba, os dois laterais (Memo na direita, improvisado, e Renatinho na esquerda) tiveram como principal função conter os avanços de Wellington Saci e Renato, e os meias corais deram fundamental contribuição no combate. Weslley, pela esquerda, e Mário Lúcio, pela direita, foram muito importantes ao marcar ora o volante ora o lateral da sua faixa do campo. Além disso, os atacantes Gilberto e Landu sempre voltavam para atrás da linha da bola para marcar.

Na vitória do Sport sobre o Náutico por 3 a 1, os volantes Daniel Paulista e Hamilton tiveram muita liberdade para armar o jogo e a flutuação de Carlinhos Bala por diverentes partes do ataque confundiu a já confusa defesa alvirrubra. Além disso Marcelinho Paraíba não teve um carrapato e apareceu bem mais no ataque.

Hoje foi diferente. Em vários momentos, o Santa Cruz se posicionou defensivamente desta forma:

Com a bola, porém, a instrução aos tricolores era atacar. Só que isso foi dificultado pela marcação por pressão que o Sport fez no início do jogo. Os rubro-negros tomaram várias bolas no campo de ataque. Uma delas foi no primeiro lance, em que o zagueiro Thiago Matias falhou diante da aproximação de Bruno Mineiro e cometeu uma falta que poderia ter lhe custado a expulsão. O amarelo ficou barato.

Eficaz na defesa, mas inexistente no ataque até os 30 minutos do primeiro tempo, o Santa Cruz teve a felicidade de Gilberto acertar um chute maravilhoso. Este foi o lance que mudou o jogo. 

Isso ficou evidente no segundo tempo. O Santa Cruz não permitiu que o Sport lhe pressionasse e trabalhou mais a bola. Houve um equilíbrio, com chances criadas de cada lado.

As chegadas do Sport eram pouco trabalhadas. Finalizações de longe e cabeceios de Bruno Mineiro e Ciro em cruzamentos longos da direita.

Já o Santa Cruz tinha facilidade para encontrar jogadores livres de marcação, sobretudo nas costas da defesa. Gilberto teve a chance do segundo gol antes de Landu marcar. Já com o 2 a 0, Gilberto e Thiago Cunha perderam chances cara a cara com Magrão. Essas oportunidades perdidas foram lamentadas pelo técnico Zé Teodoro.

O Sport sentiu muito a falta de Carlinhos Bala porque é um jogador que poderia mudar um pouco esse cenário, com a sua movimentação na intermediária, a caída pelas pontas, os cruzamentos, e claro a presença para finalizar. Ciro e Bruno Mineiro ficaram muito presos na marcação.

Com uma missão muito difícil no Arruda, um dos pontos em que a torcida do Sport pode se apegar neste momento é o possível retorno de Bala, que foi talvez o jogador mais importante para a classificação em cima do Náutico. E no ano passado, quando alvirrubro, o atacante fez o gol que decidiu a semifinal contra os tricolores.

Do Blog do Torcedor 



.
 
 
 
eXTReMe Tracker