Página inicial
 
Mural de recados
26.06 | Gustavo
Muita gente acha que a soluçao pra o central é subir pra serie C,so que nao adia ...
26.06 | A verdade nua e crua!
Vi aqui alguns comentários sobre se gastar R$ 500 mil em uma atração do São João ...
26.06 | beto
CENTRAL DEVIA ERA ACABAR DEMOLIR E NIGUEM NUNCA MAIS LEMBRA QUE EXISTIU ESSE LIX ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
02/04/2011
18h27 | esportes - PERNAMBUCANO 2011
(PERNAMBUCANO 2011) - Náutico 4x3 Central - Patativa perde mais uma e se complica de vez no estadual
Eduardo Ramos (2), Jorge Felipe e Bruno Meneghel marcaram os gols do timbu. Surubim, Marcinho e Roma fizeram os tentos da patativa.

Texto do Super Esportes 

Que abrir que nada! Quem pensava que o Náutico poderia facilitar a vida do Central para prejudicar o rival Sport, viu o Timbu lutar a todo momento pela vitória na partida deste sábado, nos Aflitos. E conseguiu: venceu por 4 a 3, numa partida emocionante até o final. De quebra, a equipe alvirrubra garantiu presença nas semifinais do PE2011 com duas rodadas de antecipação.

O primeiro tempo do Náutico foi de altos e baixos. O Timbu começou bem, tocando a bola com facilidade e chegando com rapidez ao gol do Central. Tanto que não demorou para Eduardo Ramos abrir o placar, aos 9 minutos. Após passe curto de Ricardo Xavier, ele colocou na frente, invadiu a área e bateu cruzado, sem defesa para Sérvulo.

Parecia mais uma vez que a máquina do Náutico ia engrenar, levando a partida com facilidade. Como em outras oportunidades, porém, o Timbu puxou o freio de mão e diminuiu o ímpeto. A defesa, setor mais modificado da equipe nos últimos jogos, começou a ficar exposta. E não foi preciso que o Central apertasse muito para chegar ao empate. Aos 22, numa descida rápida pela esquerda, Jales recebeu na área e bateu. Douglas defendeu, mas no rebote Wilson Surubim marcou.

O gol sofrido acordou os alvirrubros, que voltaram a jogar bola novamente. Os mesmos toques rápidos e a mesma facilidade para chegar ao gol adversário. Faltava, porém, acertar o gol. Bruno Meneghel até conseguiu, mas estava impedido. Foi preciso Eduardo Ramos fazer a diferença novamente. Aos 42, ele recebeu na área, dominou com categoria, driblou o zagueiro e bateu forte, marcando um golaço.

O Náutico voltou para o segundo tempo mais ligado. A defesa, porém, por pouco não atrapalhou os planos do Alvirrubro. Aos 10, o ataque do Central trocou bolas com afacilidade dentro da área do Timbu. Tarcísio cruzou e Marcinho tocou para o gol, empatando o jogo. O placar de 2 a 2, porém, não era justo. A equipe alvirrubra teve a partida sob seu domínio na etapa final. Aos 16, veio novamente a vantagem no marcador. Após cobrança de escanteio, Jorge Fellipe testou para o gol.

A desvantagem no placar fez o Central cometer o erro capital das equipes que enfrentam o Náutico: se abriu e partiu para o ataque. Jogando em velocidade, o Timbu mais uma vez foi mortal. Aos 25, matou o jogo. Bruno Meneghel foi lançado em profundidade, invadiu a área e bateu cruzado, com força, fazendo 4 a 2.

Quando o jogo parecia definido, o Central colocou uma pitada de emoção na disputa. Em desvantagem no placar, a Patativa não deixou de atacar. Aos 39, Roma fez a festa na defesa alvirrubra, driblou todo mundo e bateu para o gol. A emoção, no entanto, parou por aí. O Timbu fez o que precisava para garantir presença nas semifinais do PE2011.

Náutico

Douglas; Rodrigo Heffner, Walter, Jorge Felipe e Airton; Everton, Derley, Eduardo Ramos (Elicarlos) e William (Deyvid Sascconi); Bruno Meneghel e Ricardo Xavier (Kieza). Técnico: Roberto Fernandes

Central

Sérvulo; Romero, Breno, Elias e Tarcísio; Fernando Pires, Wilson Surubim, Juninho Petrolina (Marcinho) e Vassoura; Jales (Roma) e Erick (Danilo Pitbull). Técnico: Dado Cavalcanti

Local: Aflitos. Árbitro: Carlos Costa. Assistentes: Erich Bandeira e Elan Vieira.Gols: Eduardo Ramos (aos 9 e aos 42 minutos do 1oT), Wilson Surubim (aos 22 minutos do 1oT), Marcinho (aos 10 minutos do 2oT), Jorge Fellipe (aos 16 minutos do 2oT), Bruno Meneghel (aos 25 minutos do 2oT), Roma (aos 39 minutos do 2oT). Cartões amarelos: Eduardo Ramos, Walter, Derley, Kieza, Rodrigo Heffner, Jorge Fellipe (N), Fernando Pires, Vassoura, Wilson Surubim e Breno (C). Cartão vermelho: Público: 14.593. Renda:R$ 62.870.

 


.
 
 
 
eXTReMe Tracker