Página inicial
 
Mural de recados
25.09 | Freddy Renner
Eu só tô vendo números positivos para o Náutico, com essa parceria. Algum torced ...
25.09 | Severino
Prefeita de Caruaru? Quem tiver notícias dela, ganha um prêmio!!! ...
25.09 | MARCONDES
VAMOS APOIAR E ACREDITAR COM NOVA DIRETORIA, O CENTRAL VAI SE ORGANIZAR, NÁUTICO ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
27/03/2011
18h44 | esportes - PERNAMBUCANO 2011
(PERNAMBUCANO 2011) - Central 2x3 Sport - Patativa se complicou no campeonato!
3x2 foi o placar!

Do Blog do Torcedor 

O jogo Central 2x3 Sport teve todos os elementos dramáticos imagináveis numa partida de futebol. Mas no final, venceu a equipe que mostrou mais qualidade técnica. Os três pontos fizeram com que os rubro-negros ingressassem novamente no G4, agora com 34 pontos, um a mais que a Patativa, agora a quinta colocada.

O Sport começou a partida decidido a não dar vacilo para a Patativa. E conseguiu bem cedo. Depois de duas boas investidas, o lateral-direito Vítor fez boa jogada pela direita e cruzou na cabeça de Germano, aos oito. Estava tão fácil que ele nem precisou saltar para mandar no canto de Sérvulo.

O time da Ilha não aliviou a pressão e manteve a pegada forte no meio para evitar que o Central tomasse conta da partida. Assim, chegou aos segundo. Tadeu fez boa jogada pela esquerda e acionou Marcelinho Paraíba. Ele viu Carlinhos Bala avançando pela meia direita e tocou. Bala soltou uma bomba no ângulo esquerdo.

O Central tentou reagir mas encontrou o sistema defensivo do Sport mais bem posicionado, principalmente por conta da presença de Germano reforçando a marcação. Bala ainda teve uma ótima chance desperdiçada no fim do primeiro tempo ao chutar fraco.

Pela vantagem construída a tendência era o Leão voltar no segundo tempo num ritmo mais cadenciado para administrar o jogo e pegar o adversário no contra-ataque. Porém, a chuva que já caíra antes do jogo e em parte do primeiro tempo ficou mais forte e acabou com qualquer possibilidade de futebol bonito.

O que passou a imperar foram chutões e bolas parando nas poças de lama do Luiz Lacerda. Quem se adaptou melhor foi o time da casa ao apostar nas bolas altas. O Sport insistia em tocar e, literalmente dava com os burros n'água. Assim, os alvinegros diminuíram aos dez minutos, também aproveitando uma cochilada da defesa vermelha e preta.

Numa cobrança de falta rápida, a bola chegou a Wilson Surubim, que, sozinho, mandou forte e rasteiro sem chance para Magrão. Inutilmente, os jogadores do Sport reclamaram que a infração fora cobrada sem autorização do árbitro. Dez minutos depois, em jogada confusa dentro da área, Niélson Nogueira anotou pênalti de Germano em Danilo Pitbull. O próprio atacante foi para a cobrança e mandou no lado esquerdo. Magrão caiu bem e fez a defesa.

O gol deu novo ânimo aos leoninos, que viram o oponente perder o atacante Harley, expulso por agredir Germano. Aos 31, o Sport voltou a respirar mais aliviado quando Bala fez ótimo cruzamento da direita. Vítor apareceu como elemento surpresa em velocidade e cabeceou no canto direito: 3x1.

Mas o sofrimento da torcida do Sport ainda não tinha acabado. Aos 45, numa cobrança de falta ensaiada, Wilson Surubim mandou com perfeição, no canto esquedo de Magrão. Nos quatro minutos de acréscimo, os dois times fizeram das tripas coração para manter o placar (Sport) e tentar o empate (Central). Mas ficou mesmo no 3x2.

Ficha do jogo:

Central: Sérvulo; Romero, Breno, Elias e Vanderson; Fernando, Wilson, Vassoura (Jales) e Juninho Petrolina (Marcinho); Danilo Pitbull e Harley. Técnico: Dado Cavalcanti.

Sport: Magrão; Vítor, Igor, Alex Bruno e Wellington Saci; Hamilton, Daniel Paulista, Germano e Marcelinho Paraíba (Tóbi); Carlinhos Bala (Fabrício) e Tadeu (Ciro). Técnico: Hélio dos Anjos.

Local: Luiz Lacerda (Caruaru). Árbitro: Niélson Nogueira. Assistentes:  Erich Bandeira e Jossemar Diniz. Gols: Germano, aos oito; Carlinhos Bala, aos 21 do primeiro. Wilson Surubim, aos dez; Vítor, aos 31. Cartões amarelos: Wilson Surubim, Elias, Vanderson e Carlinhos Bala. Expulsão: Harley. Público: 12.058.



.
 
 
 
eXTReMe Tracker