Página inicial
 
Mural de recados
24.04 | George Luís
Sou Centralino de Coração, apaixonado pela Patativa do Agreste, mas sem dúvidas, ...
23.04 | Davi
Parabéns ao Salgueiro pela campanha q vem fazendo,embora nos ultimos anos o time ...
23.04 | Patativa
Será que os dirigentes do Salgueiro administram o clube tal como os do Central, ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
20/03/2011
09h00 | esportes - PERNAMBUCANO 2011
PERNAMBUCANO 2011 ---> Conheça os artilheiros do campeonato
Gilberto e Thiago Cunha (ambos do Santa Cruz), Thiago Laranjeira (Porto), Robertinho (Petrolina) e Cristóvão (Araripina). Cada um balançou as redes adversárias seis vezes.

Do NE10 

Os artilheiros:

Gilberto Oliveira Souza Júnior
Posição: atacante
Idade: 21
Altura: 1,78m
Peso: 70kg
Onde jogou: Confiança e Santa Cruz

 

Gilberto começou a aparecer para a torcida do Santa Cruz em 2008. Curiosamente, o artilheiro do time na época era o mesmo Thiago Cunha de agora - que na época era conhecido por Thiago Capixaba. Mas o mar de rosas de hoje não aconteceu. Ele entrava e saía do time, sem se firmar.

"Eu era utilizado em alguns jogos, mas outros jogadores também estavam marcando. Por isso não me firmei", diz. Agora, a situação mudou e ele é o ícone. "Acredito no trabalho e sempre trabalhei duro em busca disso."

Mesmo com a situação relativamente confortável, já que Landú e Laécio já receberam muitas críticas da torcida por não estarem marcando gols, Gilberto não se acomoda. Sabe que se o desempenho cair, os dedos serão apontados para ele. "Ninguém deve se sentir dono da posição. Isso só me motiva a trabalhar mais", salientou.

O fato de ter um companheiro de clube na luta pelo título de artilheiro o deixa ainda mais animado. Disputa interna? Nem pensar. "A briga é boa e já joguei com Thiago em 2008. Tanto ele, como Landú, Laécio e Gral estão em plenas condições de estarem no time. O mais importante é que todos querem ajudar o Santa".

 

 

Thiago dos Santos Cunha
Posição: atacante
Idade: 25
Altura: 1,77m
Peso: 69kg
Onde jogou: Guarani, Palmeiras, Ituano, Wigan (ING), Murcie (ESP), Pinoso (ESP), Espartacus (HUN), Vila Nova e Treze.

 

 


A saída conturbada de Thiago Cunha - então Capixaba - há três anos fez com a torcida recebesse seu nome com certa reticência no início do ano. Mas foi só a bola começar a rolar para o atacante chutar para longe qualquer desconfiança. Ele voltou fazendo o que sabe de melhor: gol. Foram seis nos sete primeiros jogos. Mas um estresse de ligamento do joelho esquerdo atrapalhou o início avassalador.

Thiago ficou parado por mais de 30 dias e, para completar, no primeiro treino com bola voltou a sentir a mesma articulação machucada anteriormente. Pela média de gols, acredita que se não fosse esse obstáculo estaria bem à frente. "Minha média é de quase um gol por jogo. Acho que se não tivesse me machucado teria marcado mais", pontuou.

Sobre a briga, ele acha bom que muita gente esteja tentando a artilharia. Quanto maior a concorrência, melhor. "Todos estão trabalhando duro e espero estar recuperado na reta final para ajudar o time com meus gols".

Enquanto esteve em campo, Thiago mostrou-se um jogador bastante eficiente. Não teve tantas oportunidades, mas quando a bola chegou não errou a pontaria. Nos jogos grandes, cresceu. Tanto que marcou nos dois clássicos que disputou - derrota para o Náutico e vitória sobre o Sport.

 

 

Carlos Roberto de Souza Filho
Posição: meia
Idade: 26
Altura: 1,69m
Peso: 70kg
Onde jogou: CSP, Botafogo-PB

 

 


Robertinho estava tão perto de Pernambuco e só foi notado aos 26 anos. O meia do Petrolina construiu toda carreira na Paraíba, onde nasceu. Só quem abriu os olhos para seu futebol foi o técnico Neco, que indicou e não se arrependeu. O canhoto tornou-se o motor da Fera Sertaneja e não é exagero dizer que a equipe dança conforme sua "regência".

Talvez a maior revelação do Pernambucano até o momento chamou tanto a atenção que no último jogo contra o Santa Cruz o técnico Zé Teodoro "colou" o volante Memo em Robertinho. Sem liberdade o Petrolina não andou e o tricolor venceu. Embora esteja sendo valorizado, ele ainda quer mais. "Individualmente está sendo bom para mim, mas infelizmente o time não está conseguindo os resultados que gostaríamos", lembrou.

Ao ser indagado sobre a possibilidade de ser artilheiro ele garante que não é seu primeiro objetivo, mas se a concorrência vacilar... "É difícil porque são quatro grandes jogadores na disputa (referindo-se aos companheiros de artilharia) mas estou confiante e se derem uma brechinha eu chego lá", pontuou.

Sobre o futuro, ele garante que não foi sondado por nenhum dos três grandes clubes da Capital. Os direitos federativos pertencem a ele mesmo e seu contrato principal é com o CSP, da Paraíba, que o emprestou ao Petrolina. "Não chegou nada para mim e nem estou pensando nisso. Quero é terminar bem o Campeonato Pernambucano", garantiu.

 

 

Thiago Laranjeira Silva
Posição: meia
Idade: 23
Altura: 1,68m
Peso: 57kg
Onde jogou: Náutico, Sete de Setembro, CSA e Santa Cruz.

 

 


Apesar de jovem, Thiago Laranjeira já passou por muitas no mundo do futebol. Começou no Náutico, em 2005. Alçado às pressas dos juniores para o profissional teve um início promissor. Mas em clube grande a paciência é pequena. E bastaram as primeiras oscilações para a cobrança fazê-lo sair de cena.

Como ainda tinha idade para defender os juniores, ficou no timbu até 2007 quando completou 20 anos. Como não seria aproveitado no profissional, a saída encontrada foi cedê-lo para seguir a vida em outro clube. Ele seguiu para o Sete de Setembro, em 2008.

No mesmo ano, teve sua primeira passagem pelo Porto. Lá ficou até o início de 2009. Depois, seguiu para o CSA. O ano de 2009 marcou o retorno ao Estado. Ele assinou contrato para defender o Santa Cruz. Começou bem mas foi no Arruda seu maior desafio: recuperar-se de uma ruptura no ligamento do joelho direito, sofrida em julho.

O retorno veio apenas em março, mas novamente não houve sequência no seu trabalho, mesmo ficando até 2010. Retornou ao Porto este ano e começou a competição no banco. Aos poucos foi conquistando seu espaço e hoje é uma das peças fundamentais da equipe.

 

 

Cristóvão Francelino Júnior
Posição: atacante
Idade: 35
Altura: 1,68m
Peso: 65kg
Onde jogou: Sousa-PB, Estrela Amadora, Barbalha, Nacional-AM

 

 


De todos os artilheiros, Cristóvão é o mais experiente. Tem 35 anos. Mas idade não é problema na hora de marcar gol. Ele está no Araripina desde o ano passado. Mas foi em 2011 que encontrou o atalho para as redes, pois os caminhos que percorreu no mundo da bola começaram há 11 anos, quando foi jogar no Sousa, da Paraíba.

Depois disso, duas temporadas no Estrela Amadora, de Portugal, uma das equipes que mais importa jogadores do interior de times nordestinos. Quando retornou ao Brasil foi para o Ceará, defender o Barbalha, em 2007. No ano seguinte foi a vez de arriscar-se no futebol amazonense, pelo Nacional.

Em 2009 voltou ao Nordeste, pelo Picos-PI e novamente Barbalha. Nos últimos dois anos foi a vez do Bode. E seu momento de maior glória foi dar a vitória sozinho ao seu time, no jogo contra o Petrolina. Ele marcou duas vezes na vitória por 2x1.

 


.
 
 
 
eXTReMe Tracker