Página inicial
 
Mural de recados
21.07 | jose arruda
Warley, obrigado pela informação atualizada sobre o Sub 20-2017. A FPF divulgou ...
21.07 | Adalgisio
Warley relembra aquela campanha do central na serie D que o time era comandado p ...
20.07 | Carlos
É verdade patativa é muita decepção, era melhor fechar as portas do que tanta hu ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
06/02/2011
18h54 | esportes - PERNAMBUCANO 2011
PERNAMBUCANO 2011 ---> Em jogo tenso, Central apenas empata com o Náutico.
Com boa atuação de Romero, Patativa não sai do 0 x 0 e perde a liderança para o Santa Cruz
Do Jc Online 
 
Normalmente o placar de 0x0 é sempre sinônimo de jogo feio, truncado e sem criatividade. Mas Central e Náutico subverteram essa lógica no Luiz Lacerda, em Caruaru, na tarde deste domingo (6). O placar terminou em branco mas o que não faltou foi movimentação e lances de gol. O resultado terminou sendo pior para os donos da casa que perderam a liderança do Campeonato Pernambucano para o Santa Cruz. Já o timbu permence em quarto lugar, agora com 18 pontos.

O jogo começou rigorosamente equilibrado. Não que os dois times tenham priorizado marcação ou anti-jogo. Tanto Central quanto Náutico mostraram postura criativa e sempre em busca do gol. O técnico Roberto Fernandes, mesmo contando com o lateral-direito Peter preferiu deixá-lo no banco de reservas e improvisar o volante Derley. Já o Central perdeu o lateral Gustavo pouco antes de entrar em campo. Romero entrou com a camisa 2.

O novo posicionamento do time alvirrubro fez com que Willian jogasse mais centralizado, o que ajudou a centralizar a maioria das jogadas. O primeiro grande lance surgiu na bola parada. Aos 17 minutos, Eduardo Ramos bateu falta na área. Por muito pouco, Ricardo Xavier não alcançou com a cabeça. Sérvulo esticou-se e mandou a escanteio.

A partir dos 25 minutos, a Patativa começou a tomar conta do jogo. Muito pelo desempenho abaixo da média dos dois meias alvirrubros - Eduardo Ramos e Willian. Bruno Meneghel foi obrigado a recuar demais e jogar de costas para o gol não é para ele. Ricardo Xavier terminou isolado e escondido.

O Central teve a dificuldade de finalizar dentro da área. Nas duas vezes que conseguiu levou grande perigo. Vanderson acertou a rede pelo lado de fora e Marcinho obrigou Glédson a fazer grande defesa. O Náutico devolveu na mesma moeda aos 45, quando Éverton também chutou na rede por fora.

O alvirrubro voltou para o segundo tempo com Peter no lugar de Willian. A mudança provocou a volta de Derley para o meio, o que ainda fez Eduardo Ramos aparecer mais para o jogo. O camisa 10 teve mais liberdade para fugir da marcação e criar boas oportunidades.

Aos sete minutos, Eduardo lançou Jeff Silva pelo lado esquerdo. O lateral entrou na área e cruzou para o meio. Bruno Meneghel foi tão rápido que passou pela linha da bola, perdendo uma grande oportunidade. Esse lance sinalizou o que daria o tom de toda etapa: a falta de finalizações certeiras, principalmente pelo lado do Náutico.

O time visitante conseguia trocar passes, criar as jogadas, mas na hora de deixar o companheiro pronto para marcar, falhavam. Ricardo Xavier, por exemplo, fez isso aos 15 minutos. Ressalte-se também a grande jornada dos quatro zagueiros em campo. Principalmente Éverton Luiz e Valnei.

Depois dos 20 minutos, Eduardo Ramos começou a dar sinais de cansaço. Com sua queda de rendimento, o time veio junto e nem a entrada de Phillip no lugar de Elicarlos deu mais força ofensiva ao timbu. O Central cresceu e teve duas grandes oportunidades. Aos 20, Danilo Pitbull cabeceou cruzamento de Romero e Glédson fez grande defesa. 15 minutos depois, Romero passou por Glédson e pôs a bola na cabeça de Harlei. Ele só tinha Éverton Luiz à sua frente e mandou para fora.

Ficha do jogo:

Central: Sérvulo; Romero, Breno, Valnei e Vanderson; Marcinho (Hendrick), Wilson Surubim, Fernando Pires e Rosembrick; Danilo Pitbul e Harlei. Técnico: Maurício Simões.

Náutico: Glédson; Derley, Walter, Everton Luiz e Jeff Silva; Éverton, Elicarlos (Phillip), Eduardo Ramos e Willian (Peter); Bruno Meneghel e Ricardo Xavier. Técnico: Roberto Fernandes.

Local: Estádio Luiz Lacerda, em Caruaru.  Árbitro: Antônio Hora Filho (SE). Assistentes: Alcides Lira e Albert Júnior. Cartões amarelos: Wilson Surubim e Peter.

.
 
 
 
eXTReMe Tracker