Página inicial
 
Mural de recados
15.12 | Fabio
Sorteio da Copa do Brasil: Santos/AP x Sport Fluminense de Feira/BA x Santa ...
15.12 | Patativa
Foi no lacerdao hoje e fiquei impressionado com o péssima qualidade do gramado,m ...
15.12 | KLEO
CARLOS, TU ALÉM D SER PESSIMISTA, SÓ PENSA NEGATIVO, DIFERENTE DE MIM Q SOU OTIM ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
06/02/2011
18h48 | esportes - PERNAMBUCANO 2011
PERNAMBUCANO 2011 ---> Santa Cruz vence o Clássico das Multidões e volta a liderar o Estadual
Com gols de Thiago Cunha e Renatinho, Tricolor derrotou o Sport por 2 x 0

Do Blog do Torcedor 

Após um primeiro tempo confuso, o Santa Cruz se organizou na segunda etapa e venceu o clássico contra o Sport, por 2x0, no estádio do Arruda. Os gols da partida foram marcados pelos atacantes Thiago Cunha e Renatinho. Com o resultado, o time coral, além de quebrar um tabu de vitórias sobre o Leão dentro de casa, que já existia há quase quatro anos, o Santa Cruz reassumiu a liderança da primeira fase do Campeonato Pernambucano, 21 pontos. O Central, que empatou com o Náutico, em 0x0, está em segundo, com 20 pontos.

As duas equipes começaram a partida se estudando. Nem o Santa Cruz foi com tudo para o ataque, muito menos o Sport, que preferiu esperar o time coral buscar o jogo para espaços para contra-atacar. Mas, como isso não aconteceu, o jogo ficou sem graça, lento e confuso. 

O Santa Cruz, pelo menos, mostrava uma certa organização ao trocar passes no setor ofensivo. Mas faltou poder de penetração. Algo que o Sport apresentou aos 15 minutos, quando Alessandro foi lançado e tocou. Tiago Cardoso fez uma boa defesa. O lance deu mais confiança ao Sport, que se soltou mais e procurou o jogo. Aos 23 minutos, Alessandro cobrou falta e acertou a trave. No rebote, Alessandro chutou e o goleiro coral fez nova defesa.

Cinco minutos depois o Santa Cruz deu o troco em lance semelhante. Jeovânio cobrou falta, Gustavo espalmou e Thiago Matias, livre no rebote, chutou para fora. O jogo melhorou. Se os dois times não mostravam um show de técnica, pelo menos estavam mais soltos e confiantes.

O Sport conseguiu criar mais chances de gols do que o Santa. Mas se deveu muito às falhas na troca de passe do time coral. Numa delas, Bala aproveitou, lançou Alessandrou, que perdeu o ângulo e tocou para trás. A defesa do Tricolor se recompôs e evitou o pior. No final, o empate foi um resultado justo no primeiro tempo.

Na segunda etapa, o Santa Cruz voltou a campo com Renatinho no lugar de Mário Lúcio, que havia produzido muito pouco. O time ganhou mais velocidade e conseguiu trabalhar melhior a bola. Para melhorar ainda mais, o time conseguiu abrir o placar logo aos 8 minutos. Thiago Cunha aproveitou falha da defesa e empurrou a bola para o gol.

O Sport partiu para o ataque, mas sem lucidez e nem organização. O time rubro-negro continua sem apresentar um esquema tático coeso e foi para cima na base do "vamos-que-vamos". O Santa Cruz, com o placar a seu favor, apertou mais a marcação e, com tranquilidade, esperou a hora para matar o jogo. E isso aconteceu aos 35 minutos, quando Igor falhou, Gilberto foi à linha de fundo e cruzou. A zaga do Sport afastou, mas Renatinho aproveitou o rebote para fechar o placar.

Ao final da partida, a diretoria do Santa Cruz mandou um bolo para o centro do campo. A torcida, feliz da vida, cantou os "Parabéns para você" em homenagem aos 97 anos do clube.

Ficha do jogo

Santa Cruz: Tiago Cardos; Jackson, Leandro Souza, Thiago Matias e Alexandre Silva; Jeovânio, Memo, Weslley e Mário Lúcio (Renatinho); Thiago Cunha (Everton Sena) e Laécio (Gilberto). Técnico: Zé Teodoro.

Sport: Gustavo; Thiaguinho, Astorga, Igor e Wellington Saci (Ruan);  Hamilton, Tobi, Carlinhos Bala e Renato Ribeiro (Fabrício); Ciro e Alessandro (Bruno Mineiro). Técnico: Geninho.
 Árbitro: Emerson Sobral. Assistentes: Ubirajara Ferraz e Erich Bandeira. 
Gol: Thiago Cunha, aos 8 minutos, e Renatinho, aos 35 minutos do segundo tempo.


.
 
 
 
eXTReMe Tracker