Página inicial
 
Mural de recados
24.07 | Paulo alvinegro
Parabéns Carlos pelo seu comentário. ...
24.07 | Carlos
O franco pra conversar merda,cara procure o que fazer e deixe o central em paz. ...
24.07 | Israelito Almeida
Maravilhosa Graça! Quanto a mudança de Estatuto: Creio ser bom descentralizar, ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
02/02/2011
09h00 | esportes - PERNAMBUCANO 2011
(PERNAMBUCANO 2011) - Sessão do pleno do TJD é adiada do caso Salgueiro x Cabense.
O julgamento foi adiado (a próxima reunião é terça que vem) em virtude do mandado de garantia impetrado pelo Azulão contra a decisão da FPF, que deliberou W.O. a favor do Salgueiro no confronto contra a Cabense, ainda pela 1ª rodada do Estadual.

Do Jornal do Commercio

A sessão do Pleno do Tribunal de Justiça Desportiva, TJD, marcada para ontem e que analisaria a representação da Federação Pernambucana contra a Cabense, não aconteceu. O julgamento foi adiado (a próxima reunião é terça que vem) em virtude do mandado de garantia impetrado pelo Azulão contra a decisão da FPF, que deliberou W.O. a favor do Salgueiro no confronto contra a Cabense, ainda pela 1ª rodada do Estadual.

Como existe todo um trâmite, leva tempo para a FPF ser intimada, já que o presidente da entidade, Carlos Alberto Oliveira, vai ser convocado, assim como o Salgueiro, que também é uma das partes interessadas no caso. Dessa forma, o Pleno adiou a reunião, para que seja analisada no mesmo dia a representação da FPF contra a Cabense e também o mandado de garantia impetrado pela equipe do Cabo de Santo Agostinho.

Através de seu departamento jurídico, a Cabense estava indignada por não ter sido avisada do adiamento. Os advogados também disseram que vão entrar com outra ação, desta vez contra a decisão da 2ª Comissão Disciplinar, que segunda-feira arquivou o processo que culpava o Salgueiro pelo apagão no estádio Cornélio de Barros na noite do jogo contra Cabense. O duelo foi marcado para o dia seguinte e, como o Azulão não compareceu, acabou punido pela FPF com W.O. A Cabense deixou bem claro que vai até o STJD caso necessário.



.
 
 
 
eXTReMe Tracker