Página inicial
 
Mural de recados
26.09 | Gustavo
PQP tem 20 anos Q escultor esse blablabla de pedir ajuda a prefeitura minha gent ...
26.09 | ADALBERTO FLORÊNCIO DE OLIVEIRA
Bom dia grande torcida centralina,eu acho o seguinte nos devemos fazer é acredit ...
25.09 | Kaio
Essa tal de Prefeita tem obrigação de judar a nossa Patativa Temos que fazer pr ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
31/01/2011
21h48 | esportes - PERNAMBUCANO 2011
(PERNAMBUCANO 2011) - Com gol do goleiro Saulo, Sport bateu o Vitória - 2x1.
Arqueiro rubro-negro marca, no final do segundo tempo, e garante vitória rubro-negra por 2 a 1, na Ilha do Retiro
Do pe360graus 
 
 
 
O Sport foi, literalmente, salvo pelo goleiro Saulo. Foi com o gol do arqueiro, aos 45 minutos do segundo tempo, que a equipe rubro-negra conseguiu bater o Vitória, por 2 a 1, na noite desta segunda-feira (31), na Ilha do Retiro.

Saulo comemorou muito e acabou machucando o joelho. Sem condições de continuar, Carlinhos Bala foi para o gol, pois o Leão já havia feito as três substituições. Mas o atacante multifuncional do Sport fez ainda uma boa defesa e conseguiu garantir o placar.

Com o resultado, o Leão vai a 11 pontos e sobe para a 5ª colocação, três a menos que o Náutico, primeiro na zona de classificação. Já o Tricolor das Tabocas permanece na 10ª colocação, com quatro pontos.

O gol rubro-negro veio aos 37 minutos do primeiro tempo, com o estreante Thiaguinho. O Vitória empatou logo aos 3 minutos do segundo tempo com Robertinho. E, aos 45 minutos, Saulo empatou de cabeça.

As duas equipes voltam a campo na próxima quinta-feira (03), pela oitava rodada do Campeonato Pernambucano. O Sport recebe o líder Central, às 20h, na Ilha do Retiro. Já o Vitória enfrenta o América, no estádio Ademir da Cunha, no mesmo horário.

O JOGO
No início do jogo, o técnico Peu Santos prometeu pensar primeiro na defesa, mas foi o Vitória quem mais levou perigo em todo o primeiro tempo. Logo aos 15 minutos, veio o primeiro susto. Aguimeron arriscou de fora da área e a bola passou perto da trave direita, assustando o goleiro Saulo.

O Sport seguiu perdido e errando muito. Tanto que o primeiro chute só veio aos 25 minutos, quando Wellington Saci arriscou de fora da área. A bola foi no centro do gol, facilitando a defesa do goleiro Jaílson.

O Tricolor das Tobocas aproveitou uma bobeira do zagueiro Astorga, que saiu jogando errado e armou mais uma jogada de ataque aos 28 minutos. Paulo Vitor soltou a bomba de fora da área e Saulo se esticou para mandar para escanteio.

A paciência do torcedor rubro-negro se esgotou quando Germando arriscou um chute de fora da área, mas acabou isolando, aos 34 minutos. Com isso, os torcedores começaram a vaiar a equipe.

A trégua veio aos 37 minutos, quando Ciro aproveitou a falha da zaga do Vitória, que errou na saída de bola, e tocou para Thiaguinho, na área. O lateral-direito soltou a bomba e mandou para as redes, abrindo o placar na Ilha do Retiro.

O Sport parecia que voltaria diferente para o segundo tempo, pois logo no primeiro lance Alessandro chutou de fora da área, obrigando Jaílson a fazer uma grande defesa. Mas, aos 3 minutos, que achou o gol foi o Vitória. Robertinho aproveitou uma bola cruzada na área e mesmo marcado por Germano, conseguiu desviar e mandar para a rede, empatando a partida.

Minutos após o gol vieram novamente as vaias da torcida. Para tentar modificar a postura do time em campo, Geninho fez a primeira mudança, aos 13 minutos. Fabrício deixou o campo para a entrada de Elvis.

A mudança não trouxe muito resultado e o Sport continuou errando muito. O Leão só chegou com perigo, aos 26 minutos, após um erro do goleiro Jaílson, que não conseguiu tirar uma cobrança de falta de Carlinhos Bala para a área. A bola passou pelo arqueiro tricolor, mas Diego Fiúza apareceu para salvar.

Insatisfeito, Geninho empurrou o time para frente com a saída do volante Germano para a entrada do atacante Wilson, aos 30 minutos. Mas quem chegou a levar perigo foi o Vitória. Diego Fiúza ganhou para Tobi e bateu com força, por cima do gol, assustando Saulo.

Mesmo com as substituições, o Sport seguiu sem conseguir acerta. Geninho ainda tentou recompor o meio com a saída de Thiaguinho para a entrada do volante Jo. Aos 45 minutos, quando todos já se conformavam com o empate, veio o inesperado.

Numa cobrança de falta, o goleiro Saulo foi tentar a sorte na área adversária. Bala cruzou e o arqueiro rubro-negro subiu para marcar de cabeça. O gol foi tão comemorado que o arqueiro chegou a se machucar.

Como Geninho já havia feito as três modificações, Carlinhos Bala que começou o jogo no meio-campo, atuou de volante e depois na lateral-direita, foi para o gol. O atacante multifuncional ainda fez uma grande defesa, após uma cobrança de escanteio, e garantiu a vitória heróica do Sport.

FICHA DO JOGO

SPORT
Saulo; Thiaguinho (Jo), Astorga, Tobi e Wellington Saci; Daniel Paulista, Germano (Wilson), Fabrício (Elvis) e Carlinhos Bala; Alessandro e Ciro. 
Técnico: Geninho.

VITÓRIA
Jaílson; Diego Fiúza, Cleyton, Edivan e Lucian (Emani); Marcelo, Da Silva, Aguimeron e Robertinho (Felipe Feitosa); Paulo Vitor e Alan Rocha (John). 
Técnico: Peu Santos.

Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Emerson Sobral
Assistentes: Erich Bandeira e Elan Vieira

.
 
 
 
eXTReMe Tracker