Página inicial
 
Mural de recados
29.04 | Paulo alvinegro
Gostei muito da contratação de Marcelo bonan excelente goleiro. ...
28.04 | Antonio
Esse Danilo Costa parece ser um monstro na zaga ...
28.04 | Anderson
Esse zagueiro Danilo parece ser um bom jogador para a nossa PATATIVA!!!! ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
27/01/2011
16h27 | esportes - COPA 2014
(COPA 2014) - BNDES libera financiamento de R$ 400 milhões para Arena da Copa em São Lourenço da Mata.
O estádio terá capacidade para 46 mil espectadores e receberá jogos da Copa de 2014.

Da Folha Online

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) aprovou financiamento de R$ 400 milhões para a construção da  Construcao do projeto Cidade da Copa, que será implantado nos limites de Recife, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço da Mata. Segundo o projeto o estádio terá lugar para 46 mil pessoas e seis mil vagas de estacionamento, além de praças de alimentação, restaurantes, shopping center integrado, museu, cinemas, teatro e centro de convenções.

O estádio terá capacidade para 46 mil espectadores e receberá jogos da Copa de 2014. O empréstimo será concedido ao governo do Estado de Pernambuco e corresponde a 75% do valor total de investimento.

A administração do estádio será feita por meio de uma PPP (Parceria Público Privada). Durante 33 anos a operação e manutenção da arena serão de responsabilidade do consórcio Cidade da Copa, formado por empresas da Odebrecht.

Estas empresas criaram ainda uma sociedade de propósito específico que usará recursos próprios e financiamentos públicos e privados para construir o estádio. Depois que a obra for concluída, o Estado vai ressarcir parte do montante pago durante a construção.

As empresas do grupo Odebrecht também pretendem construir um projeto imobiliário com cerca de 9 mil unidades residenciais e comerciais no entorno da arena, com recursos próprios.

Até agora, o BNDES já aprovou empréstimos para construção de arenas da Copa de 2014 em seis Estados: Amazonas, Bahia, Ceará, Mato Grosso, Rio de Janeiro e Pernambuco. Deste total, Amazonas, Bahia, Ceará e Mato Grosso já efetuaram a contratação, o que permite o início do desembolso de recursos.


.
 
 
 
eXTReMe Tracker