Página inicial
 
Mural de recados
19.10 | Antonio do Salgado
Respondento a Paulo. Meu chefe a diretoria é nova no clube, mais os funcionár ...
18.10 | MARCOS LEITE
É VERDADE PAULO RICARDO, DIRETORIA VAI ARRUMAR A KSA, ISSO NÃO PODE SER FEITO DA ...
18.10 | Paulo R
! Antônio, amigo a nova diretoria só faz 15 dias que assumiu o club e vc pergunt ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
20/02/2016
12h34 | esportes - NÁUTICO
NÁUTICO - Gilmar Dal Pozzo celebra troca do jogo contra o América para a Ilha do Retiro e detona Ademir Cunha
A mudança do jogo entre América e Náutico para a Ilha do Retiro agradou bastante o técnico alvirrubro, Gilmar Dal Pozzo. Fazendo severas críticas ao estado do gramado do estádio Ademir Cunha, onde o clube esmeraldino estava mandando seus jogos, ele celebrou a mudança da partida para o estádio do Sport e até revelou que estava trabalhando uma formação diferente do time para o caso de jogar em Paulista. Agora, com a mudança do palco da partida, não será mais preciso. “Quem ganhou foi o futebol”, disse.

“Sou adepto à condição boa do gramado e manifestei que gostaria de jogar num campo bom. Tenho a convicção de que é bom para o espetáculo, a qualidade do gramado”, contou o treinador, antes de comentar a possível mudança no time por conta do castigado gramado do Ademir Cunha: “A possibilidade era até de entrar com o Thiago (Santana). Era contato físico, bola parada... Estava pensando nessa possibilidade, e por incrível que pareça, estava pensando em fazer um treino num campo ruim para jogar em campo ruim. Infelizmente”.

Dal Pozzo não poupou o gramado de críticas. Para ele, a vida do Timbu seria bem mais complicada jogando naquele campo. “Na verdade não tem jogo. Não dá para fazer triangulação. O atleta não consegue conduzir a bola. A equipe não consegue trocar cinco, seis passes, por que o atleta vai dominar a bola e perde muito tempo pela grama irregular”, reclamou, aliviado com a troca.  “Vamos ver um futebol mais bonito e com qualidade por parte das duas equipes. E vamos poder aproveitar bem. Para a felicidade do futebol, houve a troca”, concluiu.

Adversário
A simples mudança do gramado, porém, não garante ao Timbu vida fácil na próxima segunda-feira. O adversário, vice-líder da competição, também foi exaltado pelo técnico alvirrubro, que disse ter uma ideia da sua proposta de jogo: “Vai ser um jogo muito parecido com o do Salgueiro. No primeiro tempo o Salgueiro jogou atrás, marcou atrás e jogou no contra-ataque. O América vai ter uma proposta muito parecida com o Salgueiro. Eles vão esperar atrás, jogar por uma bola, no contra-ataque, em velocidade”, analisou.
 
DO SUPER ESPORTES PE 
 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker