Página inicial
 
Mural de recados
19.08 | MARCOS LEITE
EU SÓ ESPERO Q O CANDIDATO VENCEDOR, TEM UM GRUPO DO PATRIMONIO, CENTRAL TÁ PRA ...
18.08 | Patativa
Com certeza essa chapa de Clóvis Lucena irá vencer,a outra só tem liso sem futur ...
18.08 | MARCOS LEITE
NA ELEIÇÃO DO CENTRAL, TEM QUANTOS CANDIDATOS A PRESIDENTE? EIS A QUESTÃO PROCUR ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
14/08/2015
12h27 | esportes - SÉRIE B
SÉRIE B: Vitória 2x1 Santa Cruz - Esqueça o Santa Cruz embalado. Esqueça Grafite fazendo gols
Esqueça o Santa Cruz embalado. Esqueça Grafite fazendo gols. A bola, aliás, mal chegou no camisa 23 na noite desta sexta-feira, no Barradão. Diante do líder e dono do melhor ataque da Série B, o Tricolor pagou um preço alto por um início de partida desastroso. Derrota por 2 a 1 para o Vitória na última rodada do “turno”. Aos comandados do técnico Marcelo Martelotte ficou a lição que é preciso de mais regularidade na segunda etapa do campeonato para poder subir de divisão.

A má atuação do time no início do jogo lembrou o que aconteceu ainda na terceira rodada, quando - à época sob o comando de Ricardinho - levou três gols do América-MG em 15 minutos e terminou perdendo por 4 a 1, em Belo Horizonte. Desde então, a equipe não sofria um apagão sequer parecido na competição. A marcação dos laterais e volantes foi permissiva. Os dois zagueiros falharam nos dois primeiros gols do adversário.

Logo de cara, Neris cometeu um pênalti imprudente em Rhayner e Escudero abriu o placar, aos cinco. Elton ampliou dois minutos depois, quando Danny Morais não subiu suficiente para impedir a cabeçada do atacante rubro-negro. Passado mais um minuto, Tiago Cardoso defendeu chute perigoso de Flávio. Era pressão. Lelê até poderia ter diminuído numa oportunidade pontual ao encobrir Fernández. Mas, caprichosamente, a bola saiu para fora.

Segundo tempo
O Santa retornou para a etapa final bem mais agressivo. Enfim, se impôs como deveria ter feito desde sempre. Luisinho, que tinha entrado no intervalo, fez, de cabeça, aos 10. Mas a medida que ia à frente para conseguir o empate, o time coral se abria também. O Vitória voltou a ter chances. O jogo ficou aberto. Cansado, Grafite foi substituído e o Tricolor perdeu sua referência no ataque. Passou a depender de jogadas pelas pontas. Lelê, autor da assistência do gol tricolor, até teve a chance de igualar o placar. Perdeu de novo. 

Ficha do jogo

Vitória
Gatito Fernández, Diogo Mateus, Guilherme Mattis, Ramon e Diego Renan; Marcelo Mattos, Flávio, David (Jorge Wagner), Escudero e Rhayner (Marcelo); Élton (Robert). Técnico: Vagner Mancini.

Santa Cruz
Tiago Cardoso; Vitor (Luisinho), Danny Morais, Neris e Marlon; Wellington, Bruninho (Moradei), Lelê, João Paulo e Anderson Aquino; Grafite (Daniel Costa). Técnico: Marcelo Martelotte.

Local: Barradão (Salvador-BA)
Árbitro: Luis Teixeira Rocha (RS)
Assistentes: Elio Nepomuceno de Andrade Júnior (RS) e Eric Nunes Costa (RS)
Gols: Escudero (5’ do 1T, Vitória), Elton (7’ do 1T, Vitória), Luisinho (10’ do 2T, Santa)
Cartões amarelos: Danny Morais, Neris, Grafite, Luisinho, João Paulo e Bruninho (Santa Cruz); Escudero e Diogo Mateus (Vitória)
Público: 15.739
Renda: R$ 349.854
 
DO SUPER ESPORTES 

...
 
 
 
eXTReMe Tracker