Página inicial
 
Mural de recados
21.09 | MARCONDES
SERÁ Q O CENTRAL FOSSE PEDIR PRA PREFEITA DAR UMA GERAL NO CT, ELA PELO MENOS MA ...
21.09 | VICTOR HUGO
A PREFEITA É D CARUARU, MAS NÃO FAZ NADA PELOS 2 CLUBES CENTRAL E PORTO, ELA DEV ...
21.09 | Paulo alvinegro
É muito engraçado o presidente do central pra conseguir falar com o prefeito de ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
01/08/2015
09h57 | esportes - SÉRIE B
SÉRIE B: Oeste/SP x Santa Cruz - 16h30 - Estádio José Liberatti (Osasco-SP)
O retrospecto fora de casa do Santa Cruz de Marcelo Martelotte é regular. De quatro jogos distante do Arruda, só perdeu um. Mas, diga-se, também só ganhou uma partida. Às 16h30 deste sábado, o seu time tem outro compromisso como visitante. Em Osasco, enfrenta o Oeste. Após alcançar a posição mais próxima do G4 desde quando o treinador chegou, o Tricolor precisa aproveitar o bom momento. Três pontos em território inimigo tornaram-se essenciais. A vitória, de quebra, representa ainda uma injeção de ânimo para a rodada seguinte, quando está agendada a esperada estreia de Grafite no José do Rêgo Maciel.

Se fosse contabilizada apenas a Era Martelotte, o Santa teria o melhor aproveitamento da Série B. Seria também o terceiro melhor visitante. Não se pode, porém, se apegar a situações meramente hipotéticas. O mau início com o técnico Ricardinho - em que a equipe chegou a figurar na zona de rebaixamento - exige agora que os corais sejam ainda melhores se quiserem se aproximar mais da zona de acesso. Sobretudo, fora de casa.

Ainda invicto como mandante, Martelotte entende a importância de também ganhar longe de seus domínios. Além de colocar o Santa praticamente na porta do G4, não esconde que quer um Arruda ainda mais cheio no jogo do retorno de Grafite, daqui a exatamente uma semana. Pensamento que a direção também converge. “Desde já, convoco o torcedor para comparecer ao estádio. Será muito importante para nós”, disse o técnico.

É certo que o público será bom no próximo sábado, conforme indicou o último balanço de ingressos divulgado pelo clube. Ganhando do Oeste, esse número certamente crescerá mais que o normal. Mesmo já de olho no Botafogo, Martelotte, por sua vez, não esquece o adversário de hoje. “Jogo complicado, contra equipe que está ali na nossa cola. Jogo de seis pontos”

Adversário
O time paulista vive um momento de ascensão também. Não perdeu nos últimos três jogos e está só uma posição abaixo do Santa Cruz, com dois pontos a menos. Em relação à rodada passada (quando venceu o Sampaio Corrêa, por 1 a 0, em casa, com um jogador a menos), o técnico Roberto Cavalo vai ter o desfalque do atacante Wagninho - expulso e que agora irá cumprir suspensão. A tendência é que Rodolfo seja acionado em seu lugar.

Oeste
Jeferson Romário; Paulo Henrique, Halisson, Ligger e Fernandinho; Leandro Mello, Renato Xavier, Patrick Silva e Mazinho; Rodolfo e Junior Negão. Técnico: Roberto Cavalo.

Santa Cruz
Tiago Cardoso; Bileu (Vitor), Danny Morais, Neris e Marlon; Wellington, Moradei, Lelê e João Paulo e Lusinho; Anderson Aquino. Técnico: Marcelo Martelotte.

Local: Estádio Prefeito José Liberatti (Osasco-SP)
Horário: 16h30
Árbitro: Jaílson Macedo de Freitas (BA)
Assistentes: José Raimundo Dias da Hora (BA) e Marcos Welb Rocha de Amorim (BA)

Martelotte no Santa Cruz

70%
De aproveitamento

64,4%
É o aproveitamento do líder Botafogo

41%
De aproveitamento de Martelotte como visitante pelo Santa Cruz

57,1%
É o aproveitamento do melhor visitante da Série B, o ABC

25%
É aproveitamento geral do Santa Cruz como visitante
 
Do Super Esportes 

...
 
 
 
eXTReMe Tracker