Página inicial
 
Mural de recados
18.10 | MARCOS LEITE
É VERDADE PAULO RICARDO, DIRETORIA VAI ARRUMAR A KSA, ISSO NÃO PODE SER FEITO DA ...
18.10 | Paulo R
! Antônio, amigo a nova diretoria só faz 15 dias que assumiu o club e vc pergunt ...
17.10 | Antonio do Salgado
Sim entrou uma nova diretoria conversa bonita danada, reformaram a concentraçao ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
14/06/2015
11h41 | esportes - COPA AMÉRICA
COPA AMÉRICA 2015 -> Brasil 2 x 1 Peru: Seleção Brasileira estreia com vitória na competição com gol nos acréscimos
CLIQUE E CONFIRA.

A Seleção Brasileira precisou lutar até os acréscimos da etapa final para confirmar seu favoritismo e estrear com vitória na Copa América. O time fez um jogo abaixo do que se esperava contra o Peru, no Chile, mas conseguiu levar a melhor por 2 a 1, com enorme dificuldade.

A partida começou em vacilo coletivo da defesa, com David Luiz e Jefferson competindo pelo mérito de Cueva no gol que abriu placar, aos dois minutos. Logo em seguida, a defesa peruana demonstrou sua fragilidade e permitiu que Neymar subisse livre para empatar.

Como não era difícil prever, o Brasil teve a iniciativa para buscar o triunfo nos quase 90 minutos restantes, mas sem criatividade. Neymar teve as melhores oportunidades na etapa final e, já aos 46 minutos, achou um passe para Douglas Costa para definir o placar em Temuco.

Assim, os comandados de Dunga começaram sua caminhada em terras chilenas assumindo a liderança do Grupo C – com os mesmos três pontos da Venezuela, que surpreendeu a Colômbia. Na quarta-feira, os pentacampeões enfrentarão os colombianos na tentativa de encaminhar sua classificação às quartas de final.

Difícil
O Brasil começou a Copa América vacilando. Guerrero dividiu com Miranda após lançamento longo, e a sobra ficou com David Luiz. Apertado pelo centroavante que o castigou em 2012, o zagueiro recuou para Jefferson, que preferiu um passe a um chutão. Serviu Cueva, que dominou e bateu forte para abrir o placar.

 

Ao menos, não houve tempo para nervosismo. Dois minutos depois, em jogada iniciada por Neymar, Daniel Alves recebeu de Elias na direita e cruzou. Expondo a fragilidade da defesa vermelha, Neymar subiu livre, a um passo da pequena área, e igualou o marcador.

A virada esteve muito perto logo na sequência, em contra-ataque no qual Neymar tabelou com Diego Tardelli e venceu o goleiro Gallese. Zambrano salvou na pequena área. O Peru respondeu na sequência, mas o primeiro tempo esfriou após um início quente. Melhor, o Brasil não fez o suficiente para ir ao intervalo em vantagem.

Sem substituições no intervalo, a Seleção contou com um lampejo de Neymar para assustar no início da etapa final – sem opção, ele arriscou de fora e acertou o travessão. Como não havia muita fluência no jogo, Dunga tirou Diego Tardelli e apostou em Douglas Costa, adiantando Neymar.

A equipe verde-amarela comandou as ações, buscando o gol da vitória, mas seguiu sem a criatividade esperada. Willian ficou com sobra e teve o chute bloqueado. Douglas Costa recebeu na área, em contragolpe puxado por Neymar, e errou na cavadinha sobre o goleiro.

Dunga, então, acionou Roberto Firmino, sacando o meio-campista Fred. Depois, acionou Éverton Ribeiro. O Brasil fracassou em suas tentativas e parecia fadado ao tropeço quando Neymar, livre, chutou mal, já aos 44 minutos. Nos acrésimos, no entanto, o melhor jogador da partida trabalhou pela esquerda e achou Douglas Costa entrando pela direita. Este teve tranquilidade para dominar de pé esquerdo e chutar de pé direito na saída do goleiro.

Local: estádio Germán Becker, em Temuco (CHI)

Data: 14 de junho de 2015, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Roberto Garcia (MEX)
Assistentes: Jose Luis Camargo (MEX) e Marvin Torrentera (MEX)
Público: 16.342 espectadores
Cartões amarelos: Neymar, Diego Tardelli e Filipe Luís (Brasil); Guerrero e Vargas (Peru)
GOLS
Brasil: Neymar, aos quatro minutos do primeiro tempo, e Douglas Costa, aos 46 minutos do segundo tempo
Peru: Cueva, aos dois minutos do primeiro tempo
 
BRASIL: Jefferson; Daniel Alves, David Luiz, Miranda e Filipe Luís; Fernandinho, Elias, Willian (Éverton Ribeiro) e Fred (Roberto Firmino); Neymar e Diego Tardelli (Douglas Costa)
Técnico: Dunga
 
PERU: Gallese; Advíncula, Zambrano, Ascues e Vargas (Yotún); Ballón, Lobatón, Cueva (Reyna) e Sánchez; Farfán (Carrillo) e Guerrero
Técnico: Ricardo Gareca.
 
Da Gazeta Esportiva 

 


...
 
 
 
eXTReMe Tracker