Página inicial
 
Mural de recados
23.02 | kaio
Era Bom pro central Kiros Ou Junior Juazeiro ...
23.02 | VICTOR HUGO
O CENTRAL VAI PRA FINAIS DO CAMP. PE, COM CERTEZA , VAMOS CONTRATAR SÓ DPOIS DO ...
23.02 | KLEO
GALERA AS INSCRIÇÕES PRO CAMP. PE. ENCERROU , PRA CONTRATAR AGORA SÓ PRO BRASILE ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
23/09/2017
19h15 | esportes - Série B
SÉRIE B - Náutico 0x1 Internacional - Único gol marcado saiu de uma cabeçada de Leandro Damião, mesmo em tarde inspirada de Jefferson

 O dia tinha tudo para ser de festa para o Náutico. O torcedor abraçou o momento do time na briga para evitar o rebaixamento e pegou a BR 232, com destino a Caruaru, palco do confronto com o Internacional. O Alvirrubro estava em casa, mas não conseguiu trazer a atmosfera do Luiz Lacerda a seu favor. Nem mesmo o gramado irregular do estádio foi capaz de impedir o Colorado de conquistar a vitória magra por 1 a 0 e retomar a liderança da Série B. A primeira derrota de Roberto Fernandes como mandante poderia ser muito pior, se não fossem as defesas milagrosas de Jefferson, principal nome da partida.

O jogo

Em campo, Roberto Fernandes tentou surpreender o Internacional armando um trio de atacantes, com Iago na ponta esquerda e os estreantes Dico e Rafael Oliveira na ponta direita e centralizado, respectivamente. Entretanto, 

Logo após o primeiro apito, o Náutico não perdeu tempo e se atirou ao ataque, mas esbarrou numa defesa bem postada. O Inter pareceu se adaptar rapidamente ao gramado irregular do Lacerdão e tratou de inverter o comando da partida. Tanto que no intervalo de quatro minutos teve três chances de marcar o primeiro gol do jogo. Na melhor delas, aos nove, Victor Cuesta aproveitou erro da zaga em escanteio, mas finalizou mal e a bola resvalou na trave.

Os alvirrubros tentaram responder, mantendo uma marcação alta na saída de bola do adversário. Mesmo escalado com três atacantes, com Iago e os estreantes Dico e Rafael Oliveira ainda se adaptando, as principais chances ofensivas vieram de outro setor. Aos 15, com Breno Calixto, e aos 24, na melhor delas, com Miranda aproveitando bom cruzamento dentro da área. Ambas não ofereceram muito perigo a Danilo Fernandes.

O Inter continuou o cerco, mas esbarrou na grande atuação de Jefferson, que salvou mais uma chance em chute de Damião, aos 29. O Náutico começou a incomodar mais, entretanto sem grande perigo. O primeiro tempo terminou mesmo com o placar zerado.
 
 Na melhor chance alvirrubra na etapa final, Rafael Oliveira ganhou da defesa e saiu de cara com Danilo Fernandes, mas furou na hora de finalizar. Na sequência da jogada, em contra-ataque, Damião superou Aislan com facilidade e só parou em nova defesa crucial de Jefferson.

Inoperante no ataque, o Náutico se limitou a assistir o Colorado atacar e ver seu goleiro continuar a roubar a cena. Aos 44, o jovem de 24 anos salvou um chute com puro reflexo e, no rebote de Damião, espalmou uma bicicleta para a linha de fundo. Se houve um legado da partida para o Timbu, certamente foi a consolidação do Jefferson como dono da meta.

Ficha do jogo

Náutico 0

Jefferson; Suelinton, Breno Calixto (Feliphe Gabriel), Aislan e Manoel; Amaral, Miranda (Willian Schuster) e Giovanni; Iago, Dico (Gilmar) e Rafael Oliveira. Técnico: Roberto Fernandes.

Internacional 1

Danilo Fernandes; Alemão, Ernando (Danilo Silva), Víctor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenílson e Felipe Gutiérrez (Camilo); William Pottker, Eduardo Sasha (Nico López) e Leandro Damião. Técnico: Guto Ferreira.

Local: Estádio Luiz Lacerda, em Caruaru
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha e Elicarlos Franco (ambos da BA)
Cartões amarelos: Aislan (N); Felipe Gutiérrez (I)
Gols: Leandro Damião (I)
Público: 13.409

Do Super Esportes
 
 
 
eXTReMe Tracker