Página inicial
 
Mural de recados
23.02 | kaio
Era Bom pro central Kiros Ou Junior Juazeiro ...
23.02 | VICTOR HUGO
O CENTRAL VAI PRA FINAIS DO CAMP. PE, COM CERTEZA , VAMOS CONTRATAR SÓ DPOIS DO ...
23.02 | KLEO
GALERA AS INSCRIÇÕES PRO CAMP. PE. ENCERROU , PRA CONTRATAR AGORA SÓ PRO BRASILE ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
14/09/2017
18h19 | esportes - Nautico
NÁUTICO - Técnico Roberto Fernandes vê possibilidade do Timbu jogar todo restante da Série B em Caruaru
Sem poder contar com a Arena de Pernambuco durante o mês de outubro, por conta de dois eventos religiosos no local, o Náutico foi obrigado a transferir para o estádio Luiz Lacerda os jogos contra Boa Esporte (dia 30 de setembro), Guarani (dia 14 de outubro) e ABC (dia 20 de outubro). Além desses, a partida diante do Internacional, já no dia 23, também foi confirmado para Caruaru. No entanto, a mudança para o agreste do Estado pode ser em definitivo nesta Série B. Segundo opinião do próprio técnico alvirrubro, Roberto Fernandes.

Em entrevista coletiva nesta quinta-feira, o treinador timbu explicou que a decisão de antecipar a ida para o Luiz Lacerda, já a partir do confronto contra o Internacional, não se deu por conta de uma maior adaptação do time ao gramado do estádio e sim devido à já conhecida relação turbulenta entre a diretoria do Náutico e a administração da Arena de Pernambuco. Com isso, a depender dos resultados obtidos pela equipe em Caruaru, o clube pode não voltar a pisar no estádio de São Lourenço da Mata nesta temporada.

"Todo mundo sabe que a relação (com a Arena) não é das melhores. O Náutico tentou antecipar o primerio jogo, contra o Boa, já que o evento (religioso) é no final semana, mas a Arena não aceitou. Já o último jogo, contra o ABC, tentamos adiar para que o evento já tivesse terminado. Mas também não foi aceito. Ou seja, não houve acordo de nada. Então não vai ser surpresa nenhuma, falando a minha opinião, que se conseguirmos bons resultados (em Caruaru) o Náutico termine a Série B lá", destacou Roberto Fernandes.

O treinador aproveitou para ressaltar a importância do apoio da torcida nesses jogos realizados fora do Recife. Principalmente para minimizar o problema de adaptação a "nova casa". "Só vou dizer com segurança (se é mais vantajoso jogar em Caruaru) quando jogarmos lá. Mas um indício importante é o quanto a torcida vai jogar junto com a gente. A cidade está nos acolhendo de braços abertos. Mas o Lacerdão não é a Arena. Por mais que esteja cuidado, não é um padrão Fifa. Se vamos ter um pouco de perda técnica, nós poderemos compensar se transformarmos o Lacerdão em um caldeirão, trazendo o torcedor para perto da gente. Não só os que irão em caravanas do Recife, mas de toda a região", destacou.
 
Além das partidas contra Internacional, Boa, Guarani e ABC, o Náutico ainda receberá como mandante nesta Série B Paysandu (7/11), Londrina (11/11) e Vila Nova (18/11)

Do Super Esportes
 
 
 
eXTReMe Tracker