Página inicial
 
Mural de recados
21.09 | MARCONDES
SERÁ Q O CENTRAL FOSSE PEDIR PRA PREFEITA DAR UMA GERAL NO CT, ELA PELO MENOS MA ...
21.09 | VICTOR HUGO
A PREFEITA É D CARUARU, MAS NÃO FAZ NADA PELOS 2 CLUBES CENTRAL E PORTO, ELA DEV ...
21.09 | Paulo alvinegro
É muito engraçado o presidente do central pra conseguir falar com o prefeito de ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
01/08/2017
23h17 | esportes - SÉRIE B
SÉRIE B - Vila Nova 0x1 Náutico - Timbu sofreu no segundo tempo, mas segurou vitória jogando fora de casa

 A luz no fim do túnel voltou a brilhar mais forte para o Náutico. Pela segunda vez nesta Série B em 18 rodadas, o Timbu sentiu o gosto da vitória. Apresentando um futebol eficiente, sobretudo no primeiro tempo, quando fez o gol com o zagueiro Breno Calixto, os alvirrubros surpreenderam o Vila Nova, então vice-líder da competição, no estádio Serra Dourada. Três pontos que voltam a trazer alguma esperança para o torcedor, que agora aposta na chegada do técnico Roberto Fernandes para dar seguimento ao que seria uma incrível arrancada para escapar da Série C.

Voltando a vencer após cinco rodadas, o Náutico chegou aos 11 pontos. O Timbu se mantém como lanterna, mas diminuiu para dez pontos a diferença para o Brasil de Pelotas, primeira equipe fora da zona de rebaixamento. O Alvirrubro agora volta a campo na próxima sexta-feira, quando receberá a equipe da Luverdense, na Arena de Pernambuco.

O jogo

O Náutico apresentou uma postura diferente em campo desde os primeiros minutos da partida. O técnico interino Levi Gomes optou por escalar apenas um volante, Amaral, deixando o time mais ofensivo em campo, porém sem perder o ímpeto defensivo decair - naquele que certamente será o maior legado deixado pelo treinador Beto Campos, demitido no último domingo. Com o meia Bruno Mota atuando como segundo volante, o Timbu ganhou em saída de jogo e conseguiu igualar com o adversário na pegada. Tanto que as melhores chances do primeiro tempo foram da equipe alvirrubra.

Aos 18 minutos, Ávila cruzou e Matheus Muller por muito pouco não marcou contra. Ajustado em campo, o Timbu pouco a pouco foi deixando de lado os cruzamentos esticados e os chutes tortos de fora da área para ir colocando mais a bola no chão. Surpreendendo o Vila Nova com uma postura agressiva, foi recompensado aos 32. Diego Miranda chutou, a bola desvia em Maguinho e sobrou limpa para o zagueiro Breno Calixto mandar para as redes. Era a segunda vez que o Náutico saia na frente do placar na competição - a outra foi justamente na vitória sobre o ABC.

Com a vantagem no placar, o Timbu voltou para o segundo tempo mais acuado, visando sair mais nos contra-ataques. E sofreu para segurar o Vila, que cresceu no jogo e passou a dominar o Náutico. Aos 3 minutos,cruzamento na área, falha de David e Wallyson finalizou para boa defesa de Tiago Cardoso. Aos 11, Matheus Muller assustou em cobrança de falta. Cinco minutos depois, Moisés recebe lançamento de Alan Mineiro, sai frente a frente com Tiago Cardoso e bate cruzado para fora.

Entre os 25 e 30 minutos, o Timbu até tentou colocar mais a bola no chão. Chegou a trocar passes na intermediária goiana. Mas praticamente não incomodou o adversário. Solto na partida, Matheus Muller voltou a arriscar aos 35 e de longe a bola raspou a trave alvirrubra. Na reta final, Levi Gomes tirou o atacante Erick para a entrada do zagueiro Aislan. Aos 47, Manoel fez falta em Fernando Medeiros e foi expulso. Falta perigosa que Matheus Muller mandou na trave. Fechado ao máximo, restou ao Timbu esperou o tempo passar para comemorar a vitória.

Ficha do jogo

Vila Nova 0
Luís Carlos; Maguinho, Alemão, Wesley Matos e Mateus Muller; PH (Tiago Adan), Geovane, Alan Mineiro (Fernando Medeiros) e Alípio; Matheus Anderson (Wallyson) e Moisés. Técnico: Hemerson Maria.

Náutico 1
Tiago Cardoso; David, Phelipe Gabriel, Breno Calixto e Ávila (Manoel); Amaral, Bruno Mota e Diego Miranda; Erick (Aislan), Iago (Gerônimo) e Gilmar. Técnico: Levi Gomes (interino).

Local: Serra Dourada, em Goiânia. Árbitro:Felipe Gomes da Silva (PR). Assistentes: Victor Hugo Imazu dos Santos (PR) e Luiz H. Souza Santos Renesto (PR). Gols: Breno Calixto (32’ do 1ºT) (N). Cartão vermelho: Manoel (47’ do 2ºT).  Cartões amarelos: Amaral (N)
DO SUPER ESPORTES PE 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker