Página inicial
 
Mural de recados
21.09 | MARCONDES
SERÁ Q O CENTRAL FOSSE PEDIR PRA PREFEITA DAR UMA GERAL NO CT, ELA PELO MENOS MA ...
21.09 | VICTOR HUGO
A PREFEITA É D CARUARU, MAS NÃO FAZ NADA PELOS 2 CLUBES CENTRAL E PORTO, ELA DEV ...
21.09 | Paulo alvinegro
É muito engraçado o presidente do central pra conseguir falar com o prefeito de ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
02/07/2017
21h55 | esportes - NÁUTICO
NÁUTICO - Caso não vença o ABC, Timbu terá a pior campanha da história do Brasileiro Série B
A cada rodada da Série B, o Náutico vai acumulando marcas negativas. Com apenas dois pontos conquistados, o Timbu possui um miserável rendimento de 6,1%. Desde que a competição passou a ser disputada no sistema de pontos corridos, em 2006, apenas o Vila Nova, em 2014, teve um desempenho tão pífio, somando a mesma pontuação após 11 partidas. A equipe goiana, no entanto, conheceu a sua primeira vitória na rodada seguinte, ao vencer em casa o Santa Cruz por 3 a 2. O que joga uma pressão a mais para os alvirrubros para o compromisso desta terça-feira, diante do ABC, em Natal. Caso não triunfe no Frasqueirão, o Timbu terá isoladamente o pior início da história.

Por sinal, voltando a comparar as duas campanhas, a missão do Náutico já se desenha mais complicada que a do Vila Nova, três anos atrás. Isso porque a distância dos pernambucanos para o Paysandu, primeiro time fora da zona do rebaixamento, já é de 11 pontos. Já o Vila Nova, após 11 rodadas, estava a "apenas" nove do Oeste, que estava na 16ª colocação na ocasião. A equipe goiana, por sinal, não escaparia da queda, sendo rebaixado na penúltima posição, com apenas 32 pontos, 14 a menos que o Bragantino, último time a conseguir se salvar.

Além disso, em 11 edições dos pontos corridos, apenas quatro vezes uma equipe lanterna na 11ª rodada conseguiu evitar a queda para a Série C. E em todos os casos, a pontuação era superior à atual do Náutico. Em 2006, o Remo somava nove pontos, um a mais que o América-RN, em 2008. As maiores recuperações vieram como ABC, que somava seis pontos em 2013 e o Vila Nova, com apenas quatro, em 2010. Porém, também nesses casos, a distância para o primeiro time fora do Z4 era vem inferior a deste ano. O ABC estava a seis pontos do 16º colocado, enquanto o Vila estava a sete.

Ou seja, uma reação do Náutico, evitando o rebaixamento, a essa altura já seria histórica.
O lanterna após 11 rodadas (e a situação após a 38ª)
2006 – 9 pontos, Remo (12º, 46 pts)
2007 – 9 pontos, Paulista (17º, 45 pts)
2008 – 8 pontos, América-RN (15º, 46 pts)
2009 – 6 pontos, Campinense (19º, 37 pts)
2010 – 4 pontos, Vila Nova (16º, 46 pts)
2011 – 3 pontos, Duque de Caxias (20º, 17 pts)
2012 – 4 pontos, Ipatinga (19º, 31 pts)
2013 – 6 pontos, ABC (14º, 46 pts)
2014 – 2 pontos, Vila Nova (19º, 32 pts)
2015 – 6 pontos, Mogi Mirim (20º, 23 pts)
2016 – 6 pontos, Sampaio Corrêa (20º, 27 pts)
2017 – 2 pontos, Náutico
 
DO SUPER ESPORTES PE 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker