Página inicial
 
Mural de recados
23.06 | Danilo
http://sportv.globo.com/site/programas/ta-na-area/noticia/2017/06/empresario-ilu ...
23.06 | Duda
Eu acredito!!! Vamos meu Central, vamos sair dessa série D. Lícius tem feito o p ...
23.06 | MARCOS LEITE
CENTRALZÃO EM BUSCA DA CLASSIFICAÇÃO E A TORCIDA CHEGANDO DE MONTÃO NO LACERDÃO, ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
07/06/2017
06h17 | esportes - Série B
SÉRIE B - Náutico 1x1 Oeste/SP - Em duelo de fraco nível técnico contra o Oeste, Timbu somou apenas um ponto
Foram 444 minutos sem marcar gols. O jejum foi finalizado pelo lateral-esquerdo Manoel, mas não foi o bastante para o Timbu sair vencedor da Arena de Pernambuco diante do Oeste. Faltou aprender a outra lição da noite. Além de voltar a balançar as redes, o Timbu também precisava não sofrer gols. Algo que só fez na primeira rodada da Série B, quando empatou com o América-MG. O empate em 1 a 1 diante dos paulistas nesta terça-feira ao menos serviu para tirar o Alvirrubro da incômoda lanterna da Série B, mas não para sair da zona de rebaixamento.
 
O Náutico agora ocupa a 19ª colocação e visitará o Internacional na próxima rodada. Para sair da zona de rebaixamento no próximo sábado, o Timbu precisará vencer e ainda torcer para que os concorrentes não tenham sucesso. Algo secundário neste momento já que a equipe ainda tem vários atletas para estrear e precisa buscar o que ainda não conseguiu na competição. Um padrão de jogo. 
 
Com um meio de campo com três volantes e três atacantes que a velocidade é a principal característica, não era possível esperar algo além de tentativas de ligações diretas. Rodrigo Souza nunca esteve perto de ser um armador e Darlan, seu companheiro de meio de campo, errou tudo o que era possível no primeiro tempo. O camisa 88 não entregou um gol ao Oeste porque o goleiro Jefferson salvou o que seria o gol dos visitantes. 

Mesmo com poucas criações dos dois lados, o Náutico ainda teve as chances mais claras de abrir o placar. Rodrigo Souza completou passe de Gerônimo, que escorou um cruzamento, e mandou por cima do gol ao 20 minutos. Já no fim da primeira etapa foi a vez de Erick ter a principal chance da partida ao ficar cara a cara com Rodolfo, mas finalizou fraco e permitiu que o goleiro do Oeste fizesse uma grande defesa. Um desempenho que não recebeu vaias na saída para o intervalo e sim aplausos e sinal de apoio e pedidos de mais raça.

O recado parece ter sido absorvido em campo pelos atletas. No segundo tempo o time começou com outra postura. Foi mais agressivo e mesmo sendo uma equipe que ainda precisa melhorar a sua organização, o Oeste está longe de ser um adversário competitivo. A recompensa veio aos 20 minutos, quando Erick, principal válvula de escape do Alvirrubro, fez grande jogada pela direita e viu seu cruzamento ser desviado para a entrada da área. Para a sorte do Timbu Manoel estava lá e chutou com força. A bola ainda desviou, mas foi desviada antes de entrar no fundo das redes de Rodolfo.
 
A aplicação do Náutico era maior e no ataque seguinte David quase amplia. Em chute cruzado o lateral-direito mandou para fora e o atacante Alison também não conseguiu completar para o fundo das redes. A chance desperdiçada foi castigada pelo Oeste. Quatro minutos após o Timbu abrir o placar deixou tudo igual na Arena de Pernambuco. Joilson escorou cruzamento para o meio da área e Robert empatou a partida. 
 
Rodrigo Souza e Alison ainda levaram perigo ao gol de Rodolfo, mas nada que mudasse o placar em favor do Alvirrubro. Uma frustração para quem foi até São Lourenço apoiar o Timbu.  

FICHA DO JOGO

Náutico
Jefferson; David, Nirley, Aislan e Manoel; Darlan (Jefferson Renan, aos 28’ do 2ºT), Amaral e Rodrigo Souza; Erick, Jefferson Nem (Alison, aos 15’do 2ºT) e Gerônimo (Wiliam Silva, aos 37’ do 2ºT). Técnico: Waldemar Lemos.

Oeste
Rodolfo, William Cordeiro, Joilson, Leandro Amaro e Guilherme Romão; Luiz Gustavo (Velicka, aos 19’ do 2ºT), Betinho e Mazinho (Raphael Luiz, aos 37’ do 2ºT), Júlio César Danielzinho (Erick, aos 26’ do 2ºT) e Robert. Técnico: Roberto Cavalo. 
 
Estádio: Arena de Pernambuco, em São Lourenço da Mata
Árbitro: Adriano Milczvski (PR)
Assistentes: Luiz Souza Santos Renesto (PR) e Diego Grubba Schitkovski (PR)
Gols: Manoel (aos 20’ do 2ºT) (N); Roger (aos 24’ do 2ºT)
Cartões amarelos: Erick (N); Betinho e Guilherme Romão (O)
Público: 1.669 torcedores
Renda: R$ 11.290,00
 
FOTO: PEU RICARDO 

Do Super Esportes pe
 
 
 
eXTReMe Tracker