Página inicial
 
Mural de recados
20.08 | Jose Helio Pessoa
Bom dia centralinos, surge uma esperança na história do nosso querido Central de ...
19.08 | Gustavo
O Atletico do Acre conseguio o acesso pra serie C com uma folha salarial de 60 m ...
19.08 | Antonio do Salgado
Com certeza ja deram um ninha em Airton Junior, e sobre a outra chapa kd o Alexa ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
01/06/2017
14h27 | esportes - NÁUTICO
NÁUTICO - Com um ponto em quatro jogos, Timbu tem pior início de Brasileiro

O clima não é bom no Náutico. Além da crise financeira, a campanha no início da Série B do Campeonato Brasileiro já ligou o alerta no clube. Na verdade, o cenário é crítico desde as semifinais do Campeonato Pernambucano. Da derrota por 3 a 2 para o Sport até aqui foram oito jogos. E os números assustam: cinco derrotas e três empates. Fazendo o recorte apenas do Brasileiro, são quatro paritdas, com um empate, três derrotas, sete gols sofridos e o píor, nenhum marcado. Desde que a Série B passou a ser disputada no formato de pontos corridos, em 2006, o começo de 2017 é o pior na história do clube.

De 2006 até aqui - quando o Brasileirão passou a ter fórmula de pontos corridos - o Náutico disputou sete vezes a Série B e esteve em outras cinco oportunidades na Série A. Em todas as edições, com exceção da atual, venceu pelo menos uma vez nas quatro primeiras partidas. Outro detalhe é que marcou pelo menos três gols no mesmo número de jogos.

A última vez que o Alvirrubro inciou tão mal um Brasileiro foi em 1994, quando disputava a Série A e também somou um ponto nas quatro primeiras partidas. Entretanto, marcou três vezes. No fim do ano, acabou rebaixado, mas o formato era diferente do atual. Consistia em 24 clubes, divididos em quatro grupos de seis. Os quatro primeiros de cada grupo passavam para a fase seguinte. Nessa segunda fase, as dezesseis equipes se enfrentavam e definiam a fase de mata-mata, com quartas, semis e final. O Náutico foi o último colocado do grupo D, com seis pontos em 10 jogos. Também foi o último da repescagem, com 9 pontos em 14 partidas. Posteriormente, na classificação geral, foi o 24º, último colocado e rebaixado, com apenas 15 pontos.

 

Histórico

 

 

*Série A - 1994 
1 empate e 3 derrotas - 1 ponto
Gols Feitos: 3 
Gols Sofridos: 8

 

 

Série B - 2006
2 vitórias, 1 empate e 1 derrota - 7 pontos
Gols Feitos: 9 
Gols Sofridos: 9

 

 

Série A - 2007
1 vitória, 1 empate e 2 derrotas - 4 pontos
Gols Feitos: 4 
Gols Sofridos: 5

 

 

Série A - 2008 
3 vitórias e 1 derrota - 9 pontos
Gols Feitos: 7 
Gols Sofridos: 3

 

 

Série A - 2009
2 vitórias e 2 empates - 6 pontos 
Gols Feitos: 9 
Gols Sofridos: 6

 

 

Série B - 2010 
3 vitórias e 1 empate - 9 pontos
Gols Feitos: 8 
Gols Sofridos: 4

 

 

Série B - 2011 
1 vitória, 2 empates e 1 derrota - 5 pontos
Gols Feitos: 3 
Gols Sofridos: 6

 

 

Série A - 2012 
1 vitória, 1 empate e 2 derrotas - 4 pontos
Gols Feitos: 3 
Gols Sofridos: 7

 

 

Série A - 2013 
1 vitória, 1 empate e 2 derrotas - 4 pontos
Gols Feitos: 6 
Gols Sofridos: 8

 

 

Série B - 2014 
1 vitória, 2 empates e 1 derrota - 5 pontos
Gols Feitos: 6 
Gols Sofridos: 5
Série B - 2015
3 vitórias e 1 empate - 10 pontos
Gols Feitos: 5 
Gols Sofridos: 1
Série B - 2016
2 vitórias e 2 derrotas - 6 pontos
Gols Feitos: 8 
Gols Sofridos: 4
Série B - 2017
1 empate e 3 derrotas - 1 ponto
Gols Feitos: 0 
Gols Sofridos: 7
 
DO GLOBOESPORTE.COM/PE 

 


.
 
 
 
eXTReMe Tracker