Página inicial
 
Mural de recados
25.04 | Jose Helio Pessoa
DODEIRO NÃO ATRAPALHA....O CENTRAL SÓ NÃO É MAIOR DO QUE SUA LOUCURA...TIRAR LI ...
25.04 | Patativa
Que time é esse em ? O vexame vai ser pior do q do ano passado jogadores que nun ...
25.04 | Patativa
Quem tem que sair é esse bodeiro que nunca fez nada pelo central e só faz atrapa ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
24/01/2017
21h18 | esportes - COPA DO NORDESTE
COPA DO NORDESTE - Náutico estreia com goleada sobre o Uniclinic/CE: 4x0
Nos últimos dias, o técnico Dado Cavalcanti não teve boas notícias no Náutico. Perdeu Anselmo, Marco Antônio e William Silva por lesão. Na véspera da estreia da Copa do Nordeste, soube que não poderia contar com Dudu e Alison, que estavam escalados no time titular, por não terem sido regularizados a tempo. Para completar, descobriu que não contaria com Maylson minutos antes da partida. Sinal de que a estreia seria mais complicada do que o esperado. A sorte, ou melhor, competência do técnico é que o time foi bem treinada e, mesmo sem as peças que esperava utilizar, o Alvirrubro largou com o pé direito em 2017 ao vencer o Uniclinic por 4 a 0, na Arena de Pernambuco.

Nas redes sociais, os torcedores já mostravam sua preocupação com as importantes ausências na véspera da partida e isso se acentuou quando a notícia que Maylson não jogaria foi divulgada minutos antes de a bola rolar. A preocupação era só da torcida. O time e Dado Cavalcanti não mostraram afobação em momento algum da partida. Exibiram uma faceta que pode ser a  marca do time em 2017: a paciência. O time alvirrubro utilizou o toque de bola curto e a marcação compactada para se impor sobre a fragilidade da equipe cearense. Deu mais do que certo.

Aos 10 minutos, Cal recebeu lançamento de Rodrigo Souza, dominou, tocou para Joazi cruzar e Giva mostrou que pode fazer o papel de centroavante. Antecipou o goleiro Dionatan e colocou no fundos das redes após cabecar. O gol espalhou a tranquilidade dentro do campo para as arquibancadas. A torcida não ficou ansiosa por conta do toque de bola do Alvirrubro e acompanhou o ritmo ditado pelos donos da casa. Foi assim que aos 29 minutos nasceu o segundo gol. Giva se deslocou para a ponta direita, recebeu a bola e cruzou para o meio da área onde Jefferson Nem não teve dificuldade para marcar o segundo gol do Timbu.

Segundo tempo
A tranquilidade que existia aumentou após o apito inicial do segundo tempo. No primeiro ataque do Náutico, o placar foi ampliado. Jefferson Nem dominou o chutão de Tiago Alves e fuzilou o canto direito de Dionatan.

Com o placar construído, Dado começou a fazer novas observações. Juninho foi o primeiro. Entrou na vaga de Giva, que foi aplaudido pelos torcedores na saída. O novo camisa 20 do Náutico seguiu o ritmo da equipe e quase também deixa o seu no primeiro lance, mas errou na única finalização que tentou. O segundo foi Erick, que se mostrou bem arisco quando tinha a bola no pé e por pouco não deixa Juninho na cara do gol. O terceiro foi David, que entrou no lugar de Cal e teve pouco tempo para mostrar algo. Para finalizar a festa alvirrubra, Juninho aproveitou a bola que bateu na trave após chute de Erick e fechou o placar em 4 a 0 no último lance da partida.

A vitória fez o Timbu largar na frente dos adversários do Grupo A e só se Campinense ou Santa Cruz vencer por mais de três gols de diferença é que o clube sairá da liderança. Uma tranquilidade boa para quem já tem um clássico no próximo domingo pelo Campeonato Pernambucano, quando recebe o Tricolor do Arruda para o primeiro Clássico das Emoções do ano.

Ficha do jogo

Náutico 4
Tiago Cardoso; Joazi, Tiago Alves, Ewerton Páscoa e Manoel; João Ananias, Rodrigo Souza e Cal (David, aos 34’ do 2ºT); Jefferson Nem, Giva (Juninho, aos 12’ do 2ºT) e Jefferson Renan (Erick, aos 22’ do 2ºT). Técnico: Dado Cavalcanti.

Uniclinic 0
Dionantan; Lima (Vaninho, aos 25’ do 2ºT) , Luiz Fernando, Domingos (Airton, aos 33’ do 2ºT) e Anderson Sobral; Guidio, Leylon, Lincol e Netinho; Teles (Preto, aos 13’ do 2ºT) e Edson Carius. Técnico: Vladimir de Jesus.

Data: 24/1/17
Local: Arena de Pernambuco, em São Lourenço da Mata.
Árbitro: Claudio Francisco Lima Silva (SE).
Assistentes: Ailton Farias da Silva e Daniel Vidal Pimentel (ambos de Sergipe)
Gols: Giva (aos 10’ do 1ºT), Jefferson Nem (aos 29’ do 1ºT e aos 2’ do 2ºT) e Juninho (aos, 47’ do 2ºT).
Cartões amarelos: Luis Fernando (Uniclinic).
Público: 2.410.
Renda: R$ 26.615,00.
 
DO SUPER ESPORTES PE
 
FOTO: MARLON COSTA
 
 

...
 
 
 
eXTReMe Tracker