Página inicial
 
Mural de recados
24.04 | Fabio
Obg torcida centralina! Se Deus quiser esse título virá para o interior. ...
24.04 | George Luís
Sou Centralino de Coração, apaixonado pela Patativa do Agreste, mas sem dúvidas, ...
23.04 | Davi
Parabéns ao Salgueiro pela campanha q vem fazendo,embora nos ultimos anos o time ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
16/01/2017
09h20 | esportes - NÁUTICO
NÁUTICO - Atacante Erick passa a integrar elenco profissional, após ser destacar na Copinha

DO GLOBOESPORTE.COM/PE

Artilheiro do Náutico na Copa São Paulo de Futebol Junior, com 4 gols, Erick tem motivos para comemorar, após a eliminação do clube na terceira rodada da competição. O atacante será integrado ao elenco profissional junto com mais três jogadores, nesta segunda-feira - o goleiro Sérgio, o zagueiro Feliphe Gabriel e o atacante Gerônimo. Aos 19 anos, ele tem história para contar: começou no Santos, passou pelo Cruzeiro e, no Náutico, pega três ônibus até chegar no CT alvirrubro. Agora, com a oportunidade no grupo principal, acredita que todo o esforço e ter participado da melhor campanha do Timbu na Copinha valeram a pena.

- Eu moro no bairro do Jardim Jordão, em Jaboatão dos Guararapes. De lá até o CT, pego três ônibus. O primeiro é o Barro/Prazeres, depois Barro/Macaxeira (BR-101) e, para encerrar, o Bola na Rede. Nisso, até chegar no treino, são cerca de 2hs. Foram uns dois anos assim, mas, olhando agora, vejo que valeu a pena. Cheguei no profissional e talvez essa rotina acabe, já que é bem provável que eu passe a morar lá no CT.

O dia a dia corrido não permitiu que o atleta seguisse a rotina comum para os jovens da sua idade. Os estudos, por exemplo, não puderam ser concluídos.

- Eu estudava na parte da manhã, mas só consegui até 2014, que foi quando subi para o Sub-20. Terminei no 2º ano do ensino médio. A rotina estava muito pesada e acabei tendo que parar.

Erick Náutico (Foto: Arquivo Pessoal)Pelo Cruzeiro, Erick chegou a ser campeão Mineiro Sub-20 (Foto: Arquivo Pessoal)

Natural do Recife, a trajetória nos gramados não começou nos clubes da capital. A carreira iniciou depois de ser aprovado numa peneira do Santos e, por uma mudança na diretoria do Peixe, veio para o Timbu.

- Com 13 anos, jogava em um time aqui do bairro, na Escolinha do Bilu. Acabei tendo uma oportunidade em uma equipe de Prazeres. Lá, teve uma peneira para o Santos e fui aprovado. Fui para São Paulo, fiz outro teste na base do Santos e fiquei durante todo o ano de 2013. Acabei dispensado no fim do ano por conta de uma mudança da diretoria, aí voltei para Recife e consegui uma vaga no sub-17 do Náutico. Disputei minha primeira Copinha em 2014. Fui bem aqui e consegui um empréstimo para o Cruzeiro. Disputei a copinha de 2015 com eles, chegamos na semifinal, e depois retornei.

Agora, integrado ao profissional pela primeira vez, Erick se mostra cheio de expectativas. E faz um agradecimento especial ao técnico Márcio Galuppo.

- Queria agradecer muito ao professor Márcio Galuppo (técnico na copinha). Eu não fazia tantos gols na base e, com a chegada dele, passei a jogar em um esquema que me deu muita liberdade. Fui feliz e acabei sendo o artilheiro do Náutico na Copinha. A expectativa no profissional é a melhor possível. Espero que o professor Dado (Cavalcanti, treinador) tenha me observado e no dia a dia eu vá conseguindo oportunidades na equipe.

Erick Náutico (Foto: Arquivo Pessoal)Erick passou pela base de grandes clubes brasileiros antes de chegar ao Náutico (Foto: Arquivo Pessoal)

 

 

E Galuppo, conhecendo as características do atacante, afirma: se tiver paciência, vai se dar bem no profissional.

- O Erick é aquele antigo ponta-direita. Finaliza muito bem, corre por dentro e muito rápido. É difícil encontrar um atacante hoje em dia como ele. Ele é criativo, inteligente. Voltou mais maduro da Copinha e vem mantendo uma regularidade. Ele é versátil. Se ele tiver sequencia no profissional, entrar com calma e for ganhando cancha, pouco a pouco, vai se dar bem.

...
 
 
 
eXTReMe Tracker