Página inicial
 
Mural de recados
24.04 | Fabio
Obg torcida centralina! Se Deus quiser esse título virá para o interior. ...
24.04 | George Luís
Sou Centralino de Coração, apaixonado pela Patativa do Agreste, mas sem dúvidas, ...
23.04 | Davi
Parabéns ao Salgueiro pela campanha q vem fazendo,embora nos ultimos anos o time ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
14/11/2016
11h48 | esportes - NÁUTICO
Náutico depende de soma de resultados para sonhar com a Série A
As contas do Náutico são simples. Precisa vencer os dois jogos finais da Série B contra Tupi e Oeste. A primeira missão é no próximo sábado diante dos mineiros que já estão rebaixados e no fim de semana seguinte será a vez dos paulistas, que podem chegar ao Recife livres do rebaixamento. Com estas duas vitórias os pernambucanos chegam aos 63 pontos. O que não garante nada se os concorrentes não "ajudarem". Tudo dependerá do rendimento dos rivais, especialmente do Bahia, clube que está três pontos à frente do Timbu.

Enquanto o Náutico estará em Juiz de Fora, os baianos receberão o Bragantino, que tem chances mínimas de fugir do rebaixamento e já pode entrar em campo na Série C caso o Oeste bata o Joinville na sexta-feira. Contudo, são essas chances que podem manter a chama do acesso alvirrubro na competição acesa. Se os paulistas não conseguirem forçar algum tropeço dos baianos, o Timbu terá que torcer muito para o Atlético-GO na última rodada. Já campeão da Série B, os goianos recebem o Bahia em um jogo de entrega de faixas que pode garantir o acesso do Tricolor de Aço. A esperança é que os campeões queiram fazer jus à festa que deve ser feita em Goiás, quando receberão o troféu de campeão, e joguem com a seriedade de sempre. Algo que o meia Marco Antônio acredita que acontecerá.

“O Bahia tem o jogo contra o Bragantino em casa e depois enfrenta o Atlético-GO em um jogo de entrega de faixas e acredito que pelo profissionalismo dos jogadores e da comissão técnica, o Atlético-GO fará um jogo normal. Mas acho que temos que focar em buscar essas duas vitórias para que se esses resultados aconteçam não fiquemos lamentando não ter feito nosso papel”, alertou o meia.

Outro time que pode se complicar é o Avaí. Mas com chances bem menores. Isso porque o Londrina, que está empatado com o Náutico em pontos, voltou para a briga. Com 57 pontos, os paranaenses podem dar uma força aos pernambucanos ao enfrentarem o Avaí em casa na próxima rodada e também podem sonhar com uma das vagas. O problema de não imaginar a equipe catarinense na Série A de 2017 é que na última rodada, quando atua em casa, eles recebem o Brasil de Pelotas, que já está eliminado da disputa ao acesso, na Ressacada.

A situação mais cômoda dos times que ainda brigam pelo acesso é a do Vasco. Os cariocas também têm 62 pontos como o Avaí, mas enfrentam Criciúma e Ceará, equipes duras, mas que não aspiram mais nada na Série B. Apenas ajuda financeira dos adversários do Vasco é que poderiam motivar esses times a complicar a vida do Gigante da Colina. Algo improvável, mas como Givanildo Oliveira falou após a derrota para o Avaí, ainda há esperança. “Tudo pode acontecer no futebol. Já vi muita coisa acontecer e que vão continuar acontecendo”, avisou o treinador.


Os últimos compromissos
Os duelos que moverão as equipes que brigam pelo acesso à Série A em 2017

Vasco
Criciúma (F)
Ceará (C)

Avaí
Londrina (F)
Brasil de Pelotas (C)

Bahia
Bragantino (C)
Atlético-GO (F)

Náutico
Tupi (F)
Oeste (C)

Londrina
Avaí (C)
Bragantino (F)

O que cada equipe precisa para garantir o acesso?

Vasco
Uma vitória

Avaí
Uma vitória

Bahia
Uma vitória e um empate

Náutico
Duas vitórias + que Vasco e/ou Avaí só somem um ponto ou o Bahia só some três pontos até o fim do campeonato

Londrina
Duas vitórias que Vasco e/ou Avaí só somem um ponto ou o Bahia só some três pontos até o fim do campeonato que Náutico empate ao menos uma partida

As chances de acesso
UFMG
Avaí - 97,3%
vasco - 97.3%
Bahia - 83,9%
Náutico - 15,1%
Londrina - 5,1%

Infobola
Vasco - 97%
Avaí - 96%
Bahia - 82%
Náutico - 17%
Londrina - 7%
 
DO SUPER ESPORTES PE

.
 
 
 
eXTReMe Tracker