Página inicial
 
Mural de recados
22.05 | Aldery
Alguém lembra aqui da Série B de 1997? Da parceria entre Central e Cadimo Barros ...
22.05 | Israelito Almeida
Maravilhosa Graça! E a saga de vergonha continua. Até quando senhores alvinegr ...
22.05 | Patativa
Qual a parceria que fez o Atlético Pernambucano e qual a empresa parceira do Sal ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
07/11/2016
20h28 | esportes - NÁUTICO
Givanildo Oliveira afirma que Náutico não se abalou com derrota para o CRB e não confirma time contra o Goiás
NÁUTICO
A derrota para o CRB não abalou o time do Náutico. Ao menos esse é o discurso do grupo alvirrubro e do técnico Givanildo Oliveira. Na entrevista coletiva nesta segunda-feira, no último treino antes de enfrentar o Goiás, o técnico deixou clara a sua confiança na qualidade do grupo e que o pensamento não pode ser outro que não seja a vitória nesta terça-feira na Arena de Pernambuco. Inclusive revelando que com tão pouco tempo para treinar a preparação tem que ser na conversa. 

"Agora está valendo muito a conversa. Não tivemos muito tempo para treinar agora e logo depois desse jogo já teremos outro no sábado. Temos que conversar abertamente com eles. Ganhamos seis jogos seguidos, mas porque não podemos ganhar quatro?", questionou o treinador. 

Sem tempo para treinar, Givanildo deve voltar a escalar a sua formação original com os retornos de Bergson, Rodrigo Souza e Gaston. Porém, a boa atuação de Tiago Adan poderia criar dúvidas na sua cabeça. Algo que o treinador não revelou e disse que vai esperar para definir seus 11 titulares. Isso porque acredita que mesmo sem pretensões na competição, o Goiás é um adversário perigoso. 

"O time não está definido porque temos três jogadores que ficaram fora. A motivação tem que ser nossa. Se chegarmos no último jogo dependendo de uma vitória vocês acham que eles (Oeste) vão vir mortos? Não. Terá até dinheiro de alguém para nos atrapalhar. Sempre foi assim. Quem está no meio não tem repsonbsabilidade nenhuma e o resto da competição, mas mesmo assim eles vão jogar bem", comentou o treinador.

Outra mudança que poderia acontecer seria alguma mudança no meio de campo. Marco Antônio e Vinícius não foram bem contra o CRB e a entrada de Esquerdinha pode sinalizar uma mudança no time. Givanildo não vinha utilizando o atleta em nenhuma parte da movimentação da última semana e mesmo assim colocou o atleta durante a movimentação. Algo que ele julgou normal e espera que qualquer atleta deve estar pronto para atuar caso seja acionado.

"A utilização dele (Esquerdinha) não pode ocorrer porque ele não treinou no time de cima. Não tem isso se ele treinou não no time de cima. Quem está no grupo tem que estar prepado. O momento do jogo pedia um jogador como ele, com mais posse de bola", justificou.  

Não pode perder
 
Questionado sobre o que o Náutico fez em Maceió e não poderia repetir contra o Goiás, Givanildo Oliveira foi direto. Só não quer perder. "Não perder. A maneira de jogar vai mudando de acordo com o adversário. Não podemos mudar totalmente. Cada jogador com a sua maneira de jogar. O que temos que fazer é ganhar o jogo. Tivemos um jogo que vencemos aos 49 com um gol de Igor. Sempre gosto que meu time jogue bem. Às vezes não acontece, mas o importante é vencer."
 
DO SUPER ESPORTES PE 
 
FOTO DA MATÉRIA: LÉO LEMOS/NAUTICO 

...
 
 
 
eXTReMe Tracker