Página inicial
 
Mural de recados
27.06 | Israelito Almeida
Maravilhosa Graça! Viramos de forma Melancólica e Triste a última página do Fu ...
27.06 | joel gomes
Acho o central deve investi nas categorias de base .também vender esse campo e ...
27.06 | VITOR HUGO
O NÁUTICO VAI TER ELEIÇÃO DIA 15 D JULHO, TIMBU VAI VOLTAR PROS AFLITOS A 6 KM D ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
17/10/2016
20h11 | esportes - NÁUTICO
Goleiro Julio Cesar segue vetado no Náutico e não joga sexta-feira contra o Luverdense
NÁUTICO
O goleiro Julio Cesar, que ficou ausente da partida contra o Ceará, no último sábado, depois de levar uma pancada na cabeça durante o treino, continua vetado para o jogo da sexta-feira, contra o Luverdense, pela 32ª rodada da Série B. De acordo com o médico alvirrubro Renato Paes Barreto, o jogador não estará totalmente recuperado do trauma na quarta, data que o Timbu viaja para Lucas do Rio Verde, no Interior do Mato Grosso.

- É uma situação no futebol que a gente tem cuidados maiores que o normal. Ele segue um protocolo de normas que foi direcionado pela CBF. Foi definido que há um trabalho à parte a ser feito, então ele está fora da viagem e do jogo.

O goleiro sentiu dores na cabeça após comemorar o gol da vitória do time alvirrubro contra a equipe cearense. Segundo o médico, o incômodo é normal levando em consideração o curto período de tempo após a pancada. Julio Cesar, inclusive, já queria voltar a treinar, mas também foi vetado pelo departamento médico.

- Ele (Julio Cesar) explicou que foi gritar, comemorar e deu um pouquinho de dor de cabeça. Em um trauma como ele teve em um dia antes é normal. No exame de imagem não foi constatado nenhum tipo de lesão, então só precisa mesmo do repouso. Ele queria muito viajar. Queria também treinar hoje, mas a gente precisa que seja um trabalho sem impacto, sem os colegas.

Contra o Atlético-GO, o médico explicou que, se tudo continuar correndo bem, ele está apto para voltar a entrar.

- É mais uma semana de observação. Se ele evoluir bem, sem nenhuma queixa, volta.
 
DO GLOBOESPORTE.COM/PE 
 
(Foto: Marlon Costa / Pernambuco Press)

...
 
 
 
eXTReMe Tracker