Página inicial
 
Mural de recados
21.08 | Israelito Almeida
Maravilhosa Graça! De longe fica difícil avaliar, somente com as informações ...
21.08 | MARCOS LEITE
FALAR EM TABELA DA SEGUNDONA VICTOR HUGO, PELA LEI TEM Q DIVULGAR 60 DIAS ANTES ...
21.08 | júnior
já pensou se não tivesse vaidade,e todos se unir-se como seria maravilhoso para ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
08/10/2016
21h36 | esportes - NÁUTICO
Volante Negretti ganha chance como titular, vai bem e cria problema para o técnico Givanildo Oliveira
NÁUTICO
Antes do jogo com o Brasil-RS, o técnico Givanildo Oliveira esteve em dúvida se poderia contar com o volante João Ananias, um dos mais regulares do time. A ausência acabou confirmada e o treinador escolheu Negretti para a vaga. A partida desta sexta-feira foi apenas a segunda que o jogador, contratado junto ao Campinense, foi titular. E correspondeu. Seguro na marcação, esteve entre os destaques da equipe alvirrubra.

Aos 31 anos, Negretti encarou o Náutico como um desafio na carreira. Foi a oportunidade de disputar a Série B que o fez trocar a estabilidade no Campinense, onde já tem o respeito da torcida, pelo Timbu. O jogo com o Brasil-RS foi apenas o segundo do volante como titular, mas ele já vinha sendo acionado por Givanildo Oliveira durante as últimas partidas. "Sou um jogador que procuro manter a regularidade. No Campinense, fui vice-campeão da Copa do Nordeste, fui campeão paraibano. Procuro sempre errar pouco e cumprir a minha função. Tenho 31 anos, não sou mais nenhum garoto e sei da minha responsabilidade em campo", afirmou o jogador.

Apesar da vitória convincente por 2 a 0 sobre o Brasil-RS e da boa atuação, Negretti se policia para evitar a euforia. Seguindo a filosofia de Givanildo, o volante prega a política de pés no chão. "Não tem euforia aqui. Isso não cabe a nós. O professor Givanildo sempre fala que futebol é traiçoeiro. Hoje você está bem, mas amanhã pode ficar trás. Então nosso grupo sabe o objetivo que quer. E enquanto não o atingirmos não vamos comemorar", disse o jogador.

No fim, Negretti elogiou Givanildo Oliveira. E "entregou" o segredo do sucesso do treinador. "Givanildo é simplicidade. Ele pede pra gente fazer sempre o mais simples possível. Essa é a tecla que ele vem batendo nos últimos jogos. É o que estamos fazendo e vamos continuar, a cada jogo, em busca do objetivo que é o acesso", contou o volante.
 
 

Negretti Náutico (Foto: Marlon Costa / Pernambuco Press)(Foto: Marlon Costa / Pernambuco Press)

DO SUPER ESPORTES PE 


.
 
 
 
eXTReMe Tracker