Página inicial
 
Mural de recados
24.11 | Kaio
Tbm tem q trazer o Naldinho e Caça Rato e trazer um zagueiro experiente ...
22.11 | CLEO
VERDADE MARCONDES ESSA É A HORA DA MASSA ALVINEGRA AJUDAR O CENTRALZÃO. ...
22.11 | MARCONDES
TODOS UNIDOS PELO CENTRAL, IMPRENSA, DIRETORIA E TORCIDA SÓ ASSIM O CENTRAL VAI ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
04/09/2016
21h42 | esportes - NÁUTICO
Alexandre Gallo não é mais o técnico do Náutico
NÁUTICO
A terceira passagem do técnico Alexandre Gallo pelo Náutico chegou ao fim neste domingo. O treinador foi demitido após uma reunião com a direção alvirrubra em seguida ao desembarque no Recife. O motivo para a saída foi o baixo rendimento da equipe na Série B. A direção ainda não definiu um novo nome para assumir o clube, mas espera anunciar o mais rápido possível. Givanildo de Oliveira está entre os mais cotados.
 
Gallo chegou ao clube logo após a semifinal do Campeonato Pernambucano, competição na qual o Náutico foi o 1º colocado no hexagonal final, mas perdeu as duas partidas para o Santa Cruz na fase decisiva. Na ocasião, o técnico era Gilmar Dal Pozzo e a direção decidiu que era a hora de mudar. O principal motivo era a necessidade de alcançar a classificação para a Copa do Nordeste de 2017, vaga decidida contra o Salgueiro na disputa do terceiro lugar.

A vaga foi conquistada e o trabalho de Gallo dava sinais de que iria deslanchar rapidamente, já que o elenco alvirrubro manteve várias peças da última temporada e que já tinham experiência na Série B. O problema é que uma reformulação do elenco foi iniciada com a competição em andamento.

Nomes como Ronaldo Alves e Fabiano Eller deixaram o clube após a chegada de Gallo e os recém-chegados foram ganhando espaço, mas o treinador teve que lidar com vários problemas de lesões. Outro fator que atrapalhou o técnico foram as mudanças de esquema tático que teve que fazer por conta da falta de peças. A falta de um atacante de referência também foi um dos grandes problemas. Até agora o Náutico segue com dificuldades para encontrar um camisa 9.
 
DO SUPER ESPORTES PE 
 
 
Alexandre Gallo Náutico (Foto: Marlon Costa / Pernambuco Press) (Foto: Marlon Costa / Pernambuco Press)
...
 
 
 
eXTReMe Tracker