Página inicial
 
Mural de recados
25.04 | kaio
Licius saiu ? ...
25.04 | Israelito Almeida
Maravilhosa Graça! CONCORDO PLENAMENTE DO Alcino PM. Venho falando isso a ano ...
25.04 | Beltrão
Digamos que a espinha dorsal de uma equipe, seja formada de 5 jogadores que rece ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
15/07/2016
15h25 | esportes - NÁUTICO
Náutico pode mudar esquema tático devido a lesões e em busca de pontos contra o Goiás
No último treino no Recife antes da viagem para Goiás, o técnico Alexandre Gallo viveu uma situação nada comum na sua carreira. Treinou com apenas 20 atletas em campo. Algo que só ocorre em pré-temporada, quando o time ainda está em formação. Não em julho, quando o Campeonato Brasileiro está a todo vapor. Tudo por conta das lesões que vivem atormentando o elenco alvirrubro. Para a partida deste sábado, contra o Goiás, às 16h30, no Serra Dourada, serão sete desfalques, sendo apenas um por suspensão. Fatores que podem mudar o esquema tático do Náutico. 

Para se ter ideia do quão complicada é a situação de Gallo, os únicos jogadores que atuaram na última partida, contra o CRB, e que estão garantidos para enfrentar o Goiás são o goleiro Júlio César e o lateral direito Joazi. Por isso, o técnico afirmou que pode mudar a forma de jogar.

“Temos que ter a calma e a serenidade para entender que precisamos dar um passo atrás para dar dois à frente. Não tenho compromisso com erro. Tenho com acerto. Às vezes temos que ter a humildade de mudar o sistema e trabalhar com o que temos na mão. Já treinamos (nesta semana) em dois sistemas diferentes até para que em uma mudança durante o jogo não haja surpresa”.
 
Interrogações
 
Os problemas de Gallo começam já na dupla de zagueiros. Eduardo está suspenso e Leo Pereira e Igor Rabelo brigam por vaga no setor. Porém, os dois podem formar a dupla de defensores, já que Rafael Pereira deve viajar com o grupo, mas não tem presença confirmada após dois dias sem treinar durante a semana. Na lateral esquerda, não se sabe de Mateus Muller ou Gaston será o escolhido. Caso Muller continue, Gaston deve ocupar a cabeça de área ao lado de Maylson, algo mais provável. Na armação, Hugo também não está confirmado, já que o meia não treinou nesta quinta-feira devido a um um desgaste muscular. Caso não jogue, Renan Oliveira é o mais forte candidato a ocupar o setor.

O grande problema é no ataque. Gallo tem Tiago Adan, Rony, Jefferson Nem e Daniel Morais como opções, mas isso não significa que continuará jogando com três atacantes. Precisando pontuar de qualquer modo, o técnico pode até colocar mais um jogador no meio de campo. A única certeza é que Daniel Morais não será o titular pois ainda não tem condições físicas de suportar uma partida inteira. “O Daniel ainda não tem condições de jogar 90 minutos. Começar a partida com uma mudança prévia não é o ideal. Temos que levar sempre quem está sempre nas melhores condições”, revelou o técnico.
 
DO SUPER ESPORTES PE 

...
 
 
 
eXTReMe Tracker