Página inicial
 
Mural de recados
28.04 | Antonio
Esse Danilo Costa parece ser um monstro na zaga ...
28.04 | Anderson
Esse zagueiro Danilo parece ser um bom jogador para a nossa PATATIVA!!!! ...
28.04 | Gabriel
O Central precisa de um bom plano de marketing, filmar bastidores, como é a roti ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
13/06/2016
11h20 | esportes - NÁUTICO
Ataque do Náutico é o mais positivo da Série B
NÁUTICO
A mudança de comando técnico do Náutico trouxe, consigo, uma atitude diferente. O Timbu de Gallo é mais agressivo que o de Dal Pozzo. E o ataque - setor mais criticado no Campeonato Pernambucano - virou a principal força da equipe. O Timbu tem 18 gols anotados em oito rodadas da Série B, média superior a dois por duelo, a melhor marca entre os clubes que disputam a competição.

Até o momento, já foram duas goleadas aplicadas, ambas dentro de casa: 5 a 0 contra o Sampaio Corrêa e 5 a 1 contra o Paraná. Mesmo nos jogos em que não conseguiu marcar - como contra o Bahia, Londrina e Criciúma -, o setor ofensivo chamou atenção pelas chances desperdiçadas.

Para Taiberson, uma das peças do setor, o principal diferencial da equipe alvirrubra é a velocidade. Autor de dois gols na última partida - sábado passado, contra o Paraná -, o jogador também destaca a quebra de um tabu pessoal.

- É o estilo que Gallo gosta. Muita velocidade, contra-ataque. Isso vem dando certo e esperamos manter. Pessoalmente, fico feliz pelos dois gols que marquei contra o Paraná. O Náutico me contratou para fazer gols também. Não estava saindo antes, mas acabaram saindo meus dois primeiros gols. Fico feliz por isso.

Até o problema da posição de centroavante foi parcialmente resolvido. O atacante Bergson vem atuando no setor, como falso nove, e dando conta do recado. Tiago Adan também surge como opção no banco de reservas.

Mas a maior disputa é nas pontas. Três jogadores estão em um nível parecido. Taiberson, Rony e Jefferson Nem vivem bons momentos ao mesmo tempo. O problema para eles? É que só há duas vagas para os três atletas.
 
DO GLOBOESPORTE.COM/PE 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker