Página inicial
 
Mural de recados
22.09 | Aldery
É nítido ver como é desastroso ao Central há tanto tempo estar fora de uma série ...
22.09 | Israelito Almeida
Maravilhosa Graça! Bela iniciativa da diretoria. Aproveitar a oportunidade par ...
22.09 | MARCOS LEITE
TAVA VENDO SITE D RECIFE, O SANTA TÁ VENDENDO BOLO D ROLO PRA AJUDAR NO CT NINHO ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
24/05/2016
11h20 | esportes - SÉRIE B 2016
SÉRIE B > Londrina/PR 1x0 Náutico - Timbu volta a pecar nas finalizações e perde mais uma
DO SUPER ESPORTES PE 
 
A pressa da diretoria alvirrubra em contratar pelo menos mais um atacante que venha para solucionar os problemas ofensivos não é em vão. Pela segunda vez em três rodadas, o Timbu saiu de campo derrotado tendo o sistema ofensivo grande parcela de culpa no revés. Após um primeiro tempo muito ruim tecnicamente de Londrina e Náutico, os pernambucanos voltaram melhor que os paranenses no segundo tempo. Desperdiçaram uma gama de boas oportunidades, na noite desta terça-feira, no estádio do Café. E viram o time da casa marcar uma vez, com Keirrison. O suficiente para decretar a primeira vitória do Tubarão na Série B.

O Londrina chegou aos quatro pontos na competição - um a mais que o Náutico. O Timbu volta a campo na próxima sexta-feira, quando recebe o Sampaio Correia, às 21h30, na Arena Pernambuco.

O jogo
Foi um primeiro tempo horrível. Londrina e Náutico fizeram 46 minutos de uma exibição sofrível de futebol. Os goleiros não fizeram qualquer defesa que exigisse maior esforço. O 0 a 0 no placar, pode-se dizer, retratou com fidelidade a nota da etapa inicial. O time da casa começou levemente melhor. Tentando imprimir um ritmo mais intenso, encontrou espaços pelas laterais em meio a defesa alvirrubra, que demorou a se encontrar no jogo. Aos 11, Keirrison fez o pivô, ajeitou a bola para Zé Rafael finalizar com perigo para fora.

Com maior posse de bola, o Tubarão teve maior controle do jogo, embora não conseguisse transformar isso em chances de gol. Errando muito nos contra-ataques, o Timbu assustou uma apenas única vez. Aos 37, Caíque tabelou com Rafael Coelho e chutou fraco, em cima do goleiro.

Segundo tempo
No intervalo, os refletores do estádio apagaram e a partida atrasou em mais de 20 minutos. A demora parece ter feito bem ao Náutico. Renan Oliveira, que entrou no lugar de Caíque, assustou logo no primeiro minuto do segundo tempo. No lance seguinte, foi a vez de Rafael Coelho testar e por pouco não abrir o placar. Aos 8, mais uma chance perdida: Renan Oliveira lançou Rony, que bateu cruzado. Jefferson Nem perdeu uma excelente oportunidade. A essa altura, o Timbu já tinha feito mais do que no primeiro tempo inteiro.

Com Renan Oliveira em noite inspirada, o Náutico seguiu colecionando chances desperdiçadas. Joazi, Rony, Matheus Muller... Na melhor delas, aos 16, o estreante Taiberson recebeu livre, invadiu a área, poderia tocar para Rony que estava livre ao lado esperando, mas finalizou mal. O castigo veio aos 24 minutos. Rafael Gava, um dos mais lúcidos do time paranaense, cruzou no segundo pau. A bola passou por toda a defesa timbu e Keirrison cabeceou para as redes.

Após o gol, a equipe da casa passou a administrar o placar tentando ao máximo manter a posse de bola. Sem pressa de fazer a partida andar. Só atacando com segurança. Como aconteceu aos 38. Após cobrança de falta, Silvio voltou a subir mais que a zaga pernambucana e testou para grande defesa de Júlio César. O Timbu teve a chance de empatar um minuto depois. Em boa jogada individual, Rafael Coelho invadiu a área e bateu forte para boa defesa do goleiro. O Náutico não teria nova chance tão clara.

FICHA DO JOGO

LONDRINA 1
Marcelo Rangel; Igor Bosel, Silvio, Matheus e Léo; Diogo Roque, Germano, Rafael Gava e Zé Rafael; Jô (Paulinho Moccelin) e Keirrison (Bruno Batata).
Técnico: Claudio Tencati.

NÁUTICO 0
Júlio César; Joazi, Rafael Pereira, Eduardo e Matheus Muller; Gastón, Rodrigo Souza, Caíque (Renan Oliveira), Jefferson Nem (Taiberson) e Rony; Rafael Coelho.
Técnico: Alexandre Gallo.

Estádio: Do Café (Londrina-PR). Árbitro: Felipe Duarte Varejão (ES). Assistentes: Leonardo Mendonça (ES) e Ramires Santos Cândido (ES). Gol: Keirrison (24’ do 2ºT). Cartões amarelos: Silvio, Germano (L); Gastón, Rodrigo Souza (N). Público: 2.242. Renda: R$ 31.740,00.

.
 
 
 
eXTReMe Tracker