Página inicial
 
Mural de recados
16.08 | CLEO
O TERRENO ONDE DEVEM CONSTRUIR O CT DO CENTRAL? TÁ JOGADO PRAS COBRAS, COMO SE D ...
15.08 | MARCOS LEITE
RESTA AOS SÓCIOS PROPRIETÁRIOS DO COMÉRCIO, SE UNIR, RESTAURAR E REFORMAR O CLU ...
15.08 | VICTOR HUGO
É VERDADE GUSTAVO, O CENTRALZÃO TEM Q CONSTRUIR SEU CT NINHO DA PATATIVA NO SEU ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
05/05/2016
15h13 | esportes - NÁUTICO
NÁUTICO > Clube sonda Adriano e se anima com chance de contar com Imperador

 

DO GLOBOESPORTE.COM/PE 
 
Ainda no início da temporada, a torcida do Náutico fez uma campanha, em tom bem humorado, pela contratação do atacante Adriano. Mas não é que, agora, o sonho ficou um pouco mais perto de virar realidade? A diretoria do clube sondou, nesta quinta-feira, o Imperador - e se animou com a "porta aberta" deixada pelo empresário para uma negociação. O jogador voltou ao futebol nesta semana, quando atuou pelo Miami United - time americano do qual é acionista.

O diretor de futebol Emerson Barbosa foi quem falou com Luiz Cláudio Menezes, o Luca, agente do atacante.

- A gente fez uma sondagem. Diante das notícias de que ele estaria no Brasil, procuramos saber como era a situação com o empresário. Ele me passou que Adriano veio resolver uns problemas de família, mas abriu uma possibilidade de conversar.

Segundo o dirigente, essa primeira conversa, ainda preliminar, animou o clube em relação à possibilidade de iniciar uma negociação efetiva. O empresário mostrou-se bem aberto e avaliou positivamente a ideia do Náutico.

- Ele abriu uma possibilidade de se conversar. Obviamente, coloquei a situação que ele sabe do próprio Adriano, que a gente teria de fazer um contrato de performance. Ele se colocou solícito à possibilidade. Disse que a torcida do Náutico e nordestina, em geral, é muito calorosa, que Adriano adora vir jogar aqui. E abriu uma possibilidade de negociar.  

 

O agente Ele abriu uma possibilidade de se conversar. Como a gente está atento ao mercado, não poderíamos deixar de sondar um jogador como Adriano.
Emerson Barbosa

 

É claro, entretanto, que faltam muitas etapas para o negócio tomar vulto. Mas Emerson Barbosa, na conversa com Luca, usou exemplos que deram certo no Santa Cruz para argumentar com o empresário. E afirmou que, em caso de futuro acerto, o Imperador teria um tratamento especial em termos de marketing.

- Como a gente está atento ao mercado, não poderíamos deixar de sondar um jogador como Adriano. Não deixa de ser um excelente nome. O sabe da volta de Grafite para cá. Conversei com ele sobre a volta de Léo Moura, que, coincidentemente, saiu de uma liga menor dos Estados Unidos, veio para o Santa Cruz e acabou de ser campeão. Expliquei para ele o projeto do Náutico, ele ficou interessado e ficamos de voltar ao assunto. Dependendo da possibilidade financeira, ele é um atleta que traz uma visibilidade muito grande. Por isso, teríamos que envolver várias esferas do clube. A parte de marketing principalmente.

Uma negociação desse tipo gera dúvidas, segundo Emerson Barbosa. Aos 34 anos, Adriano é, reconhecidamente, um atleta inconstante. Antes de voltar ao futebol, no equivalente à quarta divisão do futebol americano, nesta semana, ficou cerca de dois anos parados. Sua última passagem pelo futebol de nível competitivo foi no Atlético-PR, em 2014, clube pelo qual não brilhou.

 

 - Conversei com Luca para saber como ele está nessa parte. Soube, inclusive, que o Flamengo ofereceu o CT para recondicioná-lo. O agente disse que ele está dentro do peso, até oito quilos mais magro do que na época da Seleção. Mas, claro, o ritmo de jogo é outro, a mobilidade é outra. Sabemos das restrições do atleta, pela idade e pelo tempo que está parado. Claro que isso será muito bem avaliado para o caso do negócio avançar.

 

Em relação à parte contratual, o diretor alvirrubro afirma que não é um obstáculo tão grande. Segundo ele, Adriano tem uma cláusula no contrato com o Miami que prevê rescisão em caso de proposta mais interessante do ponto de vista esportiva - opção que não o impediria de continuar como acionista da equipe. Mas, para a negociação avançar, outra pessoa precisa ser ouvida: o técnico Gallo.

- Isso é algo que vai ser conversado. Esta semana, ele ficou praticamente todos os dias em Salgueiro. Não chegamos a conversar com ele sobre esse nome. A gente tem a política de, quando alguns nomes são consenso na diretoria, a gente vai mais profundamente nos detalhes. Os nomes que a gente observa como oportunidade, para não perder o timing, a gente sonda a possibilidade para levar o nome a ser discutido com ele. Aí, obviamente, pode chegar lá e ele descartar completamente.

 


.
 
 
 
eXTReMe Tracker