Página inicial
 
Mural de recados
27.06 | A verdade nua e crua
Fiquei sabendo que o Sousa entrou em campo irregular e clube será punido com a p ...
27.06 | Patativa
Carlos meu amigo alvinegro não perca seu tempo com esses palhaços que querem ver ...
27.06 | Carlos
O verdade nua e crua diga seu nome vc tem medo a merda que vc falou foi tão gran ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
04/03/2016
18h42 | esportes - NÁUTICO
NÁUTICO --- Goleiro Júlio César sofre pancada no tornozelo e vira dúvida para clássico contra o Sport
O treinamento do Náutico desta sexta-feira, na Arena Pernambuco, visando o clássico contra o Sport, foi fechado à imprensa. Após a movimentação, os repórteres puderam acompanhar apenas o trabalho final comandado pelo técnico Gilmar Dal Pozzo. Apesar disso, uma ausência foi confirmada pelo clube: a do goleiro Júlio César. Durante uma defesa, o arqueiro machucou o tornozelo e, sentindo dores, deixou mais cedo a movimentação. Ainda que um diagnóstico prévio não tenha indicado risco de ele ficar de fora da partida, ele deverá ser reexaminado de forma a confirmar a sua presença no próximo domingo.

"Ele sofreu uma pancada no tornozelo, durante o treino, numa defesa, e saiu, pois estava sentindo um incômodo. Mas, na avaliação inicial, não preocupa para domingo. Já iniciou parte de tratamento e não deve ser problema", explicou o médico do clube Fábio Ribas. "Fratura, não há. No 'olhômetro', a gente examinou e deu para ter ideia do que é", concluiu. Segundo Ribas, a principio, Júlio treina normalmente neste sábado.

O médico alvirrubro aproveitou para explicar a situação dos atacantes Bérgson e Rafael Silva, lesionados durante o Campeonato Pernambucano. "Bérgson está na terceira semana de tratamento. E está dentro do esperado. Está fazendo um trabalho à parte de preparação física, até o ponto em que podemos agir, poupando o pé dele", disse. A expectativa, conta, é de que o atacante realize um exame de imagem dentro de uma semana, para ver "se há segurança em termos de consolidação óssea", e, assim retornar aos treinos.

Ao contrário de Bérgson, que deve completar o tempo de 40 dias estabelecido desde o diagnóstico da lesão, o seu substituto, Rafael Silva, pode voltar antes do esperado. "Ele está há 12 dias em tratamento e já está sem dor, fazendo trabalho de musculação. Precisa de tempo para cicatrizar a lesão, mas estamos traçando um prognóstico de retorno antes do prazo incial de dois meses", confiou.
 
DO SUPER ESPORTES 
 
FOTO: RICARDO FERNANDES 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker