Página inicial
 
Mural de recados
29.04 | Paulo alvinegro
Gostei muito da contratação de Marcelo bonan excelente goleiro. ...
28.04 | Antonio
Esse Danilo Costa parece ser um monstro na zaga ...
28.04 | Anderson
Esse zagueiro Danilo parece ser um bom jogador para a nossa PATATIVA!!!! ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
25/02/2016
14h44 | esportes - NÁUTICO
NÁUTICO - Atacante Rafael Ratão desfalca o time por, pelo menos, 60 dias
As suspeitas do departamento médico alvirrubro se confirmaram. A lesão do atacante Rafael Ratão é grave. Exame de ressonância magnética constatou lesão de grau três no adutor da coxa direita e o jogador vai ficar de fora por, pelo menos, dois meses. O atleta, que já havia substituído o lesionado Bergson, torna-se, assim, a segunda baixa no setor ofensivo do Náutico. Dor de cabeça para Dal Pozzo, que contra o Sport, no próximo domingo, já vai ter que escolher um substituto para o suspenso Rodrigo Souza.

Atuando como titular pela primeira vez na temporada, Rafael Ratão ficou em campo apenas durante 38 minutos contra o América, na última segunda-feira. Ao efetuar um chute de fora da área, o atleta sentiu a virilha e deixou o campo com bastante dor. Na quarta-feira à noite, o atacante foi submetido a uma ressonância magnética, que constatou a gravidade mais elevada da lesão.

“A gente já suspeitava que era uma lesão maior. Através do exame de imagem, a gente verificou que se tratava de uma lesão de grau três no adutor da coxa direita, o que precisa de um tempo maior de recuperação, girando em torno de dois meses”, explicou o médico do Náutico, Fábio Ribas. Ainda segundo o médico, a expectativa de 60 dias é apenas para a recuperação da lesão. Portanto, seu retorno aos campos só deve acontecer nas finais do Pernambucano, caso o Náutico se classifique para a decisão. “Uma lesão que não vai ser cirúrgica, mas que tem um tempo de recuperação maior, para depois da cicatrização ele fortalecer o músculo e só aí voltar às atividades dele normalmente.”

Ratão é a segunda baixa do ataque do Náutico. Bergson, que começou o Pernambucano muito bem, marcando dois gols em três jogos, machucou-se na partida contra o Salgueiro. O atacante fraturou dois ossos pequenos do pé esquerdo e também só deve estar apto para jogar a partir das semifinais do Estadual.

Para o Clássico dos Clássicos, além da dor de cabeça para substituir Rodrigo Souza no meio de campo, Dal Pozzo vai ter que decidir quem entra no ataque. O técnico pode optar por uma troca direta, colocando Thiago Santana, que faz a mesma função. Como também pode reforçar a recomposição no meio de campo, escalando os meias-atacantes Esquerdinha e Renan Oliveira, que tanto jogam abertos como meia-extremos, quanto recompõem mais centralizados.
 
DO SUPER ESPORTES PE 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker