Página inicial
 
Mural de recados
20.08 | Jose Helio Pessoa
Bom dia centralinos, surge uma esperança na história do nosso querido Central de ...
19.08 | Gustavo
O Atletico do Acre conseguio o acesso pra serie C com uma folha salarial de 60 m ...
19.08 | Antonio do Salgado
Com certeza ja deram um ninha em Airton Junior, e sobre a outra chapa kd o Alexa ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
16/02/2016
21h59 | esportes - NÁUTICO
NÁUTICO - Meia Esquerdinha foi apresentado oficialmente
Esquerdinha Náutico (Foto: Rômulo Alcoforado)Esquerdinha foi apresentado pelo Náutico e posou com a camisa do time (Foto: Rômulo Alcoforado)

O que fazer quando se chega mais tarde em uma equipe que funciona bem? O jogador que se encontra nesta posição precisa de um diferencial. O meia Esquerdinha, apresentado no Náutico, nesta terça-feira, exatamente nessas condições, afirmou qual é a principal qualidade dele: a versatilidade. O jogador atua em duas posições diferentes no setor de meio de campo. E pode se aventurar em uma terceira em caso de necessidade.

- Eu posso jogar centralizado, como no Goiás, mas também atuo como ponta, como foi no Ituano, com o técnico Doriva. E até posso jogar de lateral, que era a posição quando subi no Santa Cruz. Se Dal Pozzo optar por isso, vou fazer. Todos sabem que sou meia e atacante hoje e quero atuar nessas posições. Mas vim aqui para ajudar, somar, não para diminuir. Espero poder ajudar onde o treinador me colocar.

O jogador, aos 26 anos, já passou por cerca de 12 clubes na carreira (entre eles, Santa Cruz, onde iniciou a trajetória, Ituano, Goiás e, por último, o Coritiba). E explicou por que decidiu vir ao Náutico nesta temporada.

- Estou feliz por retornar à capital pernambucana. Sou daqui e, há algum tempo, já estava querendo voltar ao Recife para me readaptar de novo ao futebol. Porque às vezes a gente roda tanto, vai para vários clubes e não está feliz.

DO GLOBOESPORTE.COM/PE 


.
 
 
 
eXTReMe Tracker