Página inicial
 
Mural de recados
27.06 | A verdade nua e crua
Fiquei sabendo que o Sousa entrou em campo irregular e clube será punido com a p ...
27.06 | Patativa
Carlos meu amigo alvinegro não perca seu tempo com esses palhaços que querem ver ...
27.06 | Carlos
O verdade nua e crua diga seu nome vc tem medo a merda que vc falou foi tão gran ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
23/11/2015
14h18 | esportes - NÁUTICO
NÁUTICO: Zagueiro Fabiano Eller aponta pontos perdidos em casa como decisivos para Timbu não ter conseguido acesso
Mesmo vendo o sonho de acesso à elite do futebol nacional acabar com uma rodada de antecedência, o Náutico termina a Série B como um dos melhores mandantes da competição. Em 19 jogos, foram 44 pontos conquistados e um aproveitamento de 77,2%. Inferior apenas que os de Santa Cruz e Bragantino, ambos com 79,6%. Mesmo assim, para o experiente zagueiro Fabiano Eller, os tropeços na Arena Pernambuco foram decisivos para a permanência por mais um ano do Timbu na Série B. O defensor destacou a derrota para o Botafogo por 4 a 1 (a única do time em casa) como crucial.
 
"Por incrível que pareça, pra mim o jogo mais importante foi o do Botafogo. Apesar do placar elástico (4 a 1) começamos bem a partida. No segundo tempo tomamos o segundo gol muito rápido e sentimos a queda. Aquele jogo poderia mudar a nossa situação. Mas também os empates que tivemos em casa, como os do Macaé e do Paysandu, nos tiraram o acesso. Se tivessemos 100% de aproveitamento em casa teríamos garantido o acesso", calculou Eller, que curiosamente não citou o empate contra o CRB por 1 a 1, que complicou definitivamente a caminhada timbu.

Porém, mesmo lamentando os pontos perdidos na Arena Pernambuco, o defensor alvirrubro também citou o desempenho da equipe como visitante. Em 18 partidas foram apenas 16 pontos conquistados, um baixo rendimento de 29,6%. "O nosso desempenho fora de casa também poderia ter sido melhor. Deixamos para reagir nesse ponto muito no final. Nosso elenco tinha qualidade para ganhar mais partidas fora", ressaltou. Vale lembrar que das quatro vitórias longe da Arena Pernambuco, três foram obtidas após a chegada do técnico Gilmar Dal Pozzo (Paysandu, Santa Cruz e Vitória).

Com contrato até abril de 2016, Fabiano Eller tem presença garantida pelo Náutico no Campeonato Pernambucano. Para o Brasileiro, o jogador adiantou que vai esperar o seu desempenho. "Nos úlltimos anos não venho fazendo planos a longo prazo e sim a curto. Para ver se tenho condições de jogar e treinar bem. Esse ano fiz 45 jogos inteiros, sem ser substituído, o que foi muito bom. Se chegar no final do Estadual em boas condições físicas, sem problemas de lesão, vou até o final do ano", explicou o jogador, de 38 anos. 
 
Do Super Esportes 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker