Página inicial
 
Mural de recados
20.08 | Jose Helio Pessoa
Bom dia centralinos, surge uma esperança na história do nosso querido Central de ...
19.08 | Gustavo
O Atletico do Acre conseguio o acesso pra serie C com uma folha salarial de 60 m ...
19.08 | Antonio do Salgado
Com certeza ja deram um ninha em Airton Junior, e sobre a outra chapa kd o Alexa ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
07/09/2015
10h00 | esportes - SÉRIE B
SÉRIE B: Ceará 1x0 Náutico - Timbu perde mais uma vez fora de casa
O Náutico pagou o preço pela falta de competência ofensiva. Faltou calma para finalizar quando esteve frente a frente ao gol de Luis Carlos. Faltou alguém que assumisse a responsabilidade de carregar a bola quando fosse necessário. Contudo, o que realmente faltou foi competência para realizar trocas de passe para dominar a fraca equipe do Ceará. O resultado foi a nona derrota na competição após ver o Ceará vencer por 1 a 0 através de um gol despretensioso. 

O Náutico entrou em campo repetindo a tática da 18ª rodada, quando enfrentou o Bahia. Naquela partida, também disputada fora de casa, Lisca escalou a equipe com três zagueiros e formou uma linha de cinco defensores quando não tinha a posse de bola. A grande diferença é que quando o Timbu dominava a bola, não saia tão afobado e em poucos instantes o time estava quase todo no campo adversário. Apenas os zagueiros se posicionavam antes da linha de meio de campo.  
 
A tática de pressionar a saída de bola começou a dar certo e aos 10 minutos Douglas teve a chance de gol mais clara da primeira etapa. O atacante recebeu grande passe de Hiltinho, mas chutou por cima do gol de Luis Carlos. O Timbu deu sequência às tentativas e em dois minutos teve mais duas chances de abrir o placar. Marino em um chute sem ângulo, aos 15 minutos e Hiltinho carimbou a trave do Ceará, aos 17 minutos.
 
A partir daí o Ceará começou a responder. Mazola foi o primeiro a levar perigo ao gol alvirrubro, mas foi Rafael Costa que levou mais perigo a Júlio César. O goleiro alvirrubro teve que fazer duas grandes defesas em finalizações de Rafael e o atacante ainda teve mais duas oportunidades de abrir o placar na primeira etapa, mas colocou ambas para fora. Os primeiros 45 minutos terminaram com a sensação de que o empate até foi justo, mas que os gols poderiam ter acontecido.
 
Segundo tempo
A tática com três defensores não foi mantida por muito tempo. Fabiano Eller sentiu a parte posterior da coxa e Lisca decidiu mudar o esquema. Até poderia ter mantido os três zagueiros caso colocasse Elivélton na partida. Porém, preferiu escalar Rogerinho no lugar do zagueiro.
 
O jogo ficou mais aberto, mas os times erravam muitos passes e o primeiro lance de perigo veio em chute de fora da área de Júlio César, mas o goleiro timbu fez grande defesa. Cinco minutos depois, Rafael Costa também experimentou e Júlio César fez outra grande defesa.

Lisca tentou mudar mais uma vez. Colocou Bérgson e Gil Mineiro em campo para tentar algo diferente, já que Patrick Vieira cansou e Hiltinho errava muito quando tentava algo ofensivamente. A qualidade das equipes se refletiu em campo e os passes errados dominaram o segundo tempo. Porém, a sorte parece não estar do lado alvirrubro.

Em um cruzamento despretensioso, Vinícius escorou para o meio da área e Rafael Costa marcou seu quinto gol na Série B. O Náutico teve que sair para o jogo, mas não conseguiu responder. Amargou sua nona derrota na Série B e pode acabar a rodada na nona posição dependendo dos resultados, inclusive sendo ultrapassado pelo rival Santa Cruz. 
 
Ficha do Jogo
 
Ceará
Luis Carlos; Tiago Cametá, Sandro, Thiago Carvalho e Vitor Luis; Carlão, Guilherme Andrade, Júlio César (Vinícius, aos 24’ do 2ºT) e Wescley (Alex Amado, aos 14’ do 2ºT); Mazola (Bernardo, aos 31’ do 2ºT) e Rafael Costa. Técnico: Marcelo Cabo.
 
Náutico
Júlio César; Lucas Farias, Rafael Pereira, Ronaldo Alves, Fabiano Eller (Rogerinho, no intervalo) e Gaston; João Ananias, Marino e Hiltinho (Gil Mineiro, aos 20’ do 2ºT); Douglas e Patrick Vieira (Bérgson, aos 16’ do 2ºT). Técnico: Lisca.
 
Estádio: Arena Castelão, em Fortaleza
Árbitro: Árbitro: Adriano Milczvski (PR)
Assistentes: Jesma Benedito Miranda de Paula e Leone Carvalho Rocha (Ambos de Goiás)
Gols: Rafael Costa (aos 34’ do 2ºT)
Cartões amarelos: Luis Carlos, Charles, Carlão e Mazola (CEA); Patrick Vieira e Marino (NAU)
 
Do Super Essportes 
 
 
Ceará, Náutico, série B (Foto: Kid Júnior/Agência Diário)Lisca afirmou que o Náutico atuou nem até os 35 minutos do primeiro tempo (Foto: Kid Júnior/Agência Diário)
.
 
 
 
eXTReMe Tracker