Página inicial
 
Mural de recados
22.05 | Aldery
Alguém lembra aqui da Série B de 1997? Da parceria entre Central e Cadimo Barros ...
22.05 | Israelito Almeida
Maravilhosa Graça! E a saga de vergonha continua. Até quando senhores alvinegr ...
22.05 | Patativa
Qual a parceria que fez o Atlético Pernambucano e qual a empresa parceira do Sal ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
08/08/2015
09h05 | esportes - SÉRIE B
SÉRIE B: Longe de casa, Náutico volta a decepcionar sua torcida e é derrotado por 1x0 pelo CRB
Oferecimento: Contabli Contabilidde
A expectativa era imensa. A necessidade, latente: com um pelotão de clubes se aproximando do G4, a situação do Náutico pedia uma vitória fora de casa, para compensar o tropeço contra o Macaé, na rodada anterior. A torcida até viajou para Maceió e chegou junto. Mas em mais uma atuação apagada, o Timbu não conseguiu mostrar poder de reação ao volume de jogo do CRB. Sofreu o gol, pouco produziu após ficar em desvantagem e, longe do Recife, amargou nova derrota - desta vez, por 1 a 0.

Apesar de ter vivido ao longo da semana uma grande pressão pela vitória fora de casa, o Náutico começou o jogo sem afobação. Esforçou-se para manter a já organização tática que se tornou marca desse time: sempre compacto quando agredido e rápido na hora de sair para o ataque. Por isso, o CRB não conseguiu ameaçar muito em suas ações ofensivas.

Da mesma forma, o Timbu não conseguiu aproveitar bem a posse da bola, falhando na hora do último passe. A única finalização no alvo foi dos alagoanos, mas a melhor chance foi alvirrubra: após um cruzamento rasteiro de Douglas, Audálio quase marcou contra. Ainda assim, Júlio César teve que praticar duas intervenções importantes, saindo do gol duas vezes para manter o placar em branco.

Gol e queda
Na segunda etapa, o CRB voltou mais agressivo. Adiantou seus jogadores e criou oportunidades, exigindo outras boas defesas do goleiro alvirrubro. A pressão alagoana continuou aumentando até que, aos 15 minutos, Zé Carlos recebeu cruzamento e não perdoou. Júlio César até pegou na primeira tentativa do atacante, mas não conseguiu evitar que ele empurrasse a bola para as redes no rebote.

O gol não apenas fez os donos da casa crescerem na partida, como também abalou o ânimo dos alvirrubros. Foram quase dez minutos praticamente nas cordas, apenas sofrendo com as investidas do Galo. Para mudar esse panorama, Lisca tentou mexer no time. Um dos acionados foi o estreante Dakson, que mostrou vontade e tentou finalizar, mas foi bloqueado. O CRB, superior em campo, administrava o resultado.

Ficha do jogo

CRB 1
Juliano; Somália, Gabriel, Audálio e Pery; Olívio, Wellington Saci (Clebinho), Cañete e Danilo Bueno; Ricardinho (Leandro Brasília) e Zé Carlos (Isac). Técnico: Mazola Júnior.

Náutico 0
Julio César; Lucas Farias, Ronaldo Alves, Fabiano Eller e Fillipe Soutto (Gil Mineiro); João Ananias, Willian Magrão (Dakson), Marino e Hiltinho; Patrick Vieira (Bruno Alves) e Douglas. Técnico: Lisca.

Estádio: Rei Pelé, em Maceió
Horário: 16h30
Gol: Zé Carlos, aos 15’ do 2º tempo
Cartões amarelos: Wellington Saci, Ricardinho, Zé Carlos (CRB); Lucas Farias, João Ananias, Marino, Douglas (NAU)
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)
Assistentes: Ciro Chaban Junqueira e Luciano Benevides de Sousa (ambos do DF)
Público: 10.447
Renda: 93.814
 
Do Super Esportes 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker