Página inicial
 
Mural de recados
23.05 | MARCOS LEITE
PERDEMOS UMA BATALHA, MAS NÃO PERDEMOS A GUERRA VAMOS GANHAR O CORURIPE, CENTRAL ...
22.05 | Davi
Essa Racreche sei não viu... ...
22.05 | Aldery
Alguém lembra aqui da Série B de 1997? Da parceria entre Central e Cadimo Barros ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
03/08/2015
20h12 | esportes - NÁUTICO
NÁUTICO: Meia Dakson é apresentado pelo Timbu e fala que seu objetivo é o retorno do clube à Série A
Após uma longa negociação com o Vitória-BA, o Náutico finalmente apresentou oficialmente seu mais novo reforço para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. Na tarde desta segunda-feira, o meia Dakson falou pela primeira vez como jogador alvirrubro. O atleta de 28 anos, com passagens pelo Vasco e cinco anos no futebol da Bulgária, chega por empréstimo do rubro-negro baiano e tem vínculo com o Timbu até dezembro de 2015. Dakson chega para ajudar um setor carente do clube da Conselheiro Rosa e Silva, que é o meio-campo ofensivo, e tem o acesso à Série A como objetivo.

Enquanto os dirigentes dos dois clubes acertavam os detalhes do negócio, o técnico Lisca, que trabalhou com Dakson nas categorias de base do Fluminense em 2005, não escondeu sua ansiedade pela confirmação da vinda do meia. “Estou contando com ele. Espero que ele chegue rápido”, havia comentado o treinador na semana passada. Após o confronto com o Macaé, no último sábado, o comandante alvirrubro voltou a mencionar o atleta. “O Dakson já está aqui”,  comemorou, ao analisar a necessidade de reforços do time.

Objetivo no Náutico
 
Agora que já está no Recife e já vestiu a camisa alvirrubra, Dakson, que considera o passe e a finalização de meia distância como suas principais características, colocou-se à disposição de Lisca. O meia, entretanto, admite que, embora esteja em forma, pode sentir a falta de ritmo, uma vez que não joga desde a primeira rodada da Série B. “Chego como mais um para poder ajudar. Venho para somar e acredito que possa ajudar nesta caminhada de volta à Série A”, disse.

Disputa no elenco
 
Cauteloso e procurando valorizar o elenco Timbu, Dakson se coloca como um elemento a mais no plantel, revela que já se pôs à disposição do treinador, porém deixa com Lisca a opção de promover sua estreia já neste sábado - caso esteja regularizado. “Vou procurar fazer o meu trabalho. Para, na hora em que surgir a oportunidade, eu possa entrar e corresponder da melhor maneira possível. Mas, se vou jogar ou não, é Lisca quem vai dizer”, afirmou,

Boa oportunidade
 
Como a negociação se alongou por cerca de um mês, o meia teve tempo para observar bem o seu novo clube. E o atleta vê a chance no Náutico como uma boa oportunidade na carreira. “Para mim foi importante vir para o Náutico. Estou feliz de estar aqui.”
 
Do Super Esportes(Foto: Daniel Gomes / Globo Esporte.com)

...
 
 
 
eXTReMe Tracker