Página inicial
 
Mural de recados
19.08 | MARCOS LEITE
EU SÓ ESPERO Q O CANDIDATO VENCEDOR, TEM UM GRUPO DO PATRIMONIO, CENTRAL TÁ PRA ...
18.08 | Patativa
Com certeza essa chapa de Clóvis Lucena irá vencer,a outra só tem liso sem futur ...
18.08 | MARCOS LEITE
NA ELEIÇÃO DO CENTRAL, TEM QUANTOS CANDIDATOS A PRESIDENTE? EIS A QUESTÃO PROCUR ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
05/06/2015
08h18 | esportes - SÉRIE B
SÉRIE B -> Na raça e com o apoio da torcida, Náutico vence América-MG e se mantém invicto na Série B: 2x1
CLIQUE E CONFIRA.
Se havia dúvidas que o Timbu é o time a ser batido nesta Série B, elas foram finalizadas nesta sexta-feira. Enfrentando um adversário direto, o Náutico venceu o América-MG por 2 a 1 na base da raça. Sem mostrar o seu melhor futebol até no setor defensivo, que tem sido o seu destaque, a equipe de Lisca utilizou todas as armas possíveis para sair da Arena Pernambuco com mais uma vitória e provou que caso consiga manter este ritmo na Série B, o acesso será consequência e o título deve deixar de ser um mero sonho.

O jogo
O jogo começou morno e as ações se concentraram no meio de campo. O primeiro lance de real perigo demorou para acontecer, mas assustou a torcida alvirrubra. Em um lance que parecia simples, Gaston errou o passe para Fabiano Eller e deu um presente para o ataque do América-MG. Diego Lorensi interceptou a bola, tentou o chute, mas a bola foi desviada. Sem problemas para Cristiano, que de bicicleta carimbou a trave de Júlio César. No rebote Mancini ainda poderia ter feito gol, mas chutou para fora. 

O susto acordou o Náutico. Os comandados de Lisca começaram a pressionar o Coelho e Douglas era o atacante que seus companheiros sempre procuravam. O resultado foram algumas faltas próximas da área.  Em uma delas, que não foi tão perto da área do América-MG, Rogerinho jogou a bola na marca do pênalti, mas foi rebatida pela defesa visitante e sobrou para Fabiano Eller. O experiente zagueiro não se afobou e devolveu a bola de cabeça no meio da área. Diego aproveitou e com quase uma voadora empurrou para o fundo do gol de João Ricardo. 

Com o placar aberto o Timbu se empolgou e tentou ampliar o marcador ainda na primeira etapa. A melhor chance veio através de Rogerinho, que matou no peito dentro da área e chutou de primeira com a perna esquerda. A bola explodiu na trave de João Ricardo e saiu pela linha de fundo. Hiltinho ainda teve uma chance antes do intervalo, mas chegou atrasado no cruzamento de Douglas. 

Segunda etapa
No retorno do segundo tempo, o Náutico não voltou tão ligado e o América-MG descobriu que o ponto fraco da defesa alvirrubra era o lado direito. Mancini e Bryan concentraram os ataques nas costas do lateral direito Guilherme e não demorou para surtir o efeito desejado. Bryan foi até linha de fundo, ganhou dividida para Guilherme e Hiltinho, entrou na área e teve calma para colocar na cabeça de Marcelo Toscano, que não teve dificuldade de empurrar para o fundo do gol de Júlio César. 

A torcida empurrou o time, mas não foram os donos da casa que tiveram as melhores chances. O América-MG continuou dominando as ações ofensivas e o Náutico se limitou a contra-atacar. Douglas teve duas boas oportunidades antes dos 20 minutos da etapa inicial, mas desperdiçou ambas. 

Quando parecia que o jogo se encaminhava para um empate, o Náutico começou a investir nas jogadas pelas laterais. Aos 30 minutos, Hiltinho invadiu a área pela ponta direita e foi derrubado por Bryan. O árbitro Marielson Alves da Silva estava longe do lance, mas não titubeou. Marcou a penalidade máxima e Douglas, artilheiro da equipe com três gols na Série B, estufou as redes e correu para a galera.

Os últimos 15 minutos foram uma comunhão entre time e torcida. O Náutico se defendeu como pode e a torcida empurrou até onde a garganta aguentou. O resultado foi uma vitória importantíssima contra uma equipe que brigará pelo acesso e a manutenção no G4 da Série B. Agora, o Timbu terá uma semana de preparação antes de visitar o Atlético-GO no próximo dia 13 de junho pela 7ª rodada. 

Ficha do Jogo

Náutico
Júlio César; Guilherme, Diego, Fabiano Eller e Gaston; João Ananias, William Magrão (Bruno Alves), Marino e Hiltinho (Bruno Alves); Rogerinho (Pedro Carmona) e Douglas. Técnico: Lisca

América-MG
João Ricardo; Walber, Wesley Matos, Anderson Conceição e Bryan; Leandro Guerreiro, Diego Lorensi (Henrique Santos), Mancini e Felipe Amorim (Sávio); Cristiano (Rubens) e Marcelo Toscano. Técnico: Givanildo Oliveira.

Local: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata
Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Assistentes: José Carlos Oliveira dos Santos (BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)
Gols: Diego (NAU); Marcelo Toscano (AMG)
Cartões amarelos: Felipe Amorim, Marcelo Toscano, Bryan e Anderson Conceição (AME); João Ananias,Gaston, Bruno Alves e Douglas (NAU).
 
Do Super Esportes 
 
Foto: Rafael Brasileiro/DA/DP Press 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker