Página inicial
 
Mural de recados
16.08 | CLEO
O TERRENO ONDE DEVEM CONSTRUIR O CT DO CENTRAL? TÁ JOGADO PRAS COBRAS, COMO SE D ...
15.08 | MARCOS LEITE
RESTA AOS SÓCIOS PROPRIETÁRIOS DO COMÉRCIO, SE UNIR, RESTAURAR E REFORMAR O CLU ...
15.08 | VICTOR HUGO
É VERDADE GUSTAVO, O CENTRALZÃO TEM Q CONSTRUIR SEU CT NINHO DA PATATIVA NO SEU ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
02/03/2015
21h35 | esportes - Náutico
Náutico - Moacir Júnior não é mais o técnico do alvirrubro
Moacir Júnior não é mais o técnico do Náutico. Escolhido para comandar a nova reformulação do elenco alvirrubro, ele não suportou às cobranças por um desempenho melhor e deixou o clube após uma reunião com a diretoria de futebol, realizada na noite desta segunda-feira, nos Aflitos. Mais do que os resultados, pesou contra si o fato de o técnico não conseguir definir um padrão de jogo para sua equipe, que será comandada por Levi Gomes no encontro com o Piauí, pelo Nordestão.

As delicadas situações do Náutico no Pernambucano e na Copa do Nordeste são apenas um reflexo do grande problema do Náutico na temporada - pelo menos, no que se refere às questões dentro de campo. Fora do G4 no hexagonal do título do Estadual e ocupando a segunda colocação no modesto Grupo C do Regional, o Timbu ainda não tem uma cara. Prova disso é a impressionante oscilação do time. Não apenas de um jogo para outro, mas muitas vezes, dentro de uma mesma partida.

Desde os primeiros tropeços, Moacir Júnior já ressaltava a baixa média de idade do elenco que tinha em mãos como um fator determinante para o baixo rendimento. Não há como negar que a falta de experiência de boa parte do grupo interfere no desempenho coletivo, entretanto, já era de se esperar que o time fosse mais consistente. E este foi o argumento dos diretores que defendiam a troca do comando técnico.

A dúvida pairava no ar desde a derrota para o Santa Cruz no primeiro Clássico das Emoções do Pernambucano, na última quarta-feira. Ali, alguns dirigentes já defendiam a demissão de Moacir. Outros, no entanto, acreditavam que a proximidade do novo encontro com os tricolores era um fator impeditivo para a queda. Entretanto, depois do empate por 0 a 0 onde o Náutico teve somente uma boa chance de gol, a permanência do técnico tornou-se insustentável.

Como os dois próximos compromissos são contra equipes tecnicamente mais fracas, a direção optou pela demissão em reunião realizada no início da tarde desta segunda. À noite, depois de comandar um trabalho tático no CT Wilson Campos, Moacir foi informado da decisão em encontro nos Aflitos. O clube ainda não se pronunciou oficialmente sobre seu substituto.

O Náutico de Moacir Júnior (incluindo a participação na Supercopa do Maranhão)

12
jogos

3
vitórias

4
derrotas

5
empates

13
gols marcados

11
gols sofridos

38,8%
aproveitamento
 
Do Super Esportes 

...
 
 
 
eXTReMe Tracker