Página inicial
 
Mural de recados
27.06 | Israelito Almeida
Maravilhosa Graça! Viramos de forma Melancólica e Triste a última página do Fu ...
27.06 | joel gomes
Acho o central deve investi nas categorias de base .também vender esse campo e ...
27.06 | VITOR HUGO
O NÁUTICO VAI TER ELEIÇÃO DIA 15 D JULHO, TIMBU VAI VOLTAR PROS AFLITOS A 6 KM D ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
24/02/2015
14h33 | esportes - Náutico
Náutico - Zagueiro Leandro Euzébio está fora do Timbu

Leandro Euzébio não faz mais parte do elenco do Náutico a partir desta terça-feira. Contratado em nove de janeiro e recebido com festa pela torcida dois dias depois, com o status de maior contratação na temporada, o jogador sequer estreou com a camisa alvirrubra. Após 45 dias de clube, colecionou polêmicas, culminando com a falta a um jogo-treino na segunda-feira, requisitado por ele próprio. Foi a gota d'água.   

Segundo o Gerente de Futebol do clube, Carlos Kila, o jogador foi desligado. A ausência na partida contra a Cabense gerou péssima repercussão na diretoria. O defensor alegou problemas particulares para a ausência, mas não deu maiores explicações.

Leandro Euzébio Náutico (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)Nesta nova passagem, Leandro Euzébio colecionou polêmica no Náutico (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)

- Eu tive uma conversa com Leandro Euzébio e expliquei o planejamento que tínhamos ao contratá-lo. Ele era para ser uma referência do grupo, para dar exemplo, mas não estava sendo a referência que pensamos. Por isso, a decisão unânime dos dirigentes foi de liberá-lo para que ele pudesse procurar outro clube - afirmou Carlos Kila.

O atleta, figura importante no acesso do clube à Série A em 2006, retornou ao Náutico depois de nove anos. Mas a passagem, desta vez, foi bem menos gloriosa. Ao chegar, no começo de janeiro, vindo do Al-Khor, do Catar, esperou por um longo processo de regularização. A burocracia fez com que o zagueiro, de 33 anos, assinasse contrato após 33 dias de casa.

Ao lado da burocracia, a primeira polêmica.   O jogador, no final de janeiro, disparou contra a direção alvirrubra. Euzébio revelou não ter sido avaliado pelo departamento médico do Náutico na chegada. Afirmou, ainda, que a direção do clube estava "deixando a desejar", por não cumprir pontos acordados anteriormente. O clima de incerteza só aumentou. Até que veio a segunda polêmica.   

Com a possibilidade de finalmente estrear - desta vez, no clássico contra o Santa Cruz, nesta quarta-feira, pelo Pernambucano -, ele mesmo requisitou um jogo-treino para avaliar o próprio condicionamento físico. A partida ocorreu, e o Náutico venceu a Cabense por 3 a 0. Euzébio nem sequer apareceu. A falta caiu como uma bomba entre os dirigentes e a situação, que já era tensa, ficou insustentável.   

O zagueiro permaneceu no Náutico por pouco mais de um mês e meio e não entrou em campo. Na primeira primeira passagem, Euzébio saiu do Náutico rumo ao futebol japonês. Desta vez, se vai como decepção.

Do globoesporte.com/pe 


.
 
 
 
eXTReMe Tracker