Página inicial
 
Mural de recados
25.07 | luciano
pra resolver o problema do central, não é preciso fechar as portas , e sim os só ...
24.07 | Franco
Carlos e Paulo Alvinegro, vcs pelo menos são sócios, ou apenas críticam e defend ...
24.07 | Paulo alvinegro
Parabéns Carlos pelo seu comentário. ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
12/02/2015
04h33 | esportes - PE 2015 - Hexagonal do Título
PE 2015 - Náutico goleia Serra Talhada e consegue primeira vitória na temporada 2015: 4x0
A meta alvirrubra no confronto com o Serra Talhada foi alcançada com sobras. Como destacara o técnico Moacir Júnior na véspera do jogo, os alvirrubros precisavam da vitória - a primeira no Pernambucano. E ela veio. Por mais que a elasticidade do 4 a 0 possa indicar um confronto tranquilo, a verdade é a superioridade do time não foi tão ampla assim. É bem verdade Timbu não chegou a correr nenhum risco de deixar a Arena Pernambuco sem os três pontos, mas o jogo só se tranformou em goleada na reta final. A expectativa é de que o resultado forneça a confiança necessária para que o grupo seguir evoluindo de maneira mais tranquila.

O recado do técnico Moacir Júnior fora dado com muita clareza: independentemente do desempenho, o Náutico não poderia deixar a Arena Pernambuco sem os três pontos. E, se o time ainda tenta encaixar as engrenagens de sua proposta de jogo, os atletas compensavam na base da entrega. Prevendo um Serra Talhada empolgado pela contundente vitória sobre o Santa Cruz, o Timbu armou sua arapuca.

Cedendo espaço em sua intermediária, os alvirrubros aplicaram uma forte marcação com seus homens de frente e logo foi recompensado. Com um desarme preciso próximo ao meio de campo, Bruno Alves puxou um contra-ataque veloz, acertando um belo passe para Renato, que teve espaço e tranquilidade para tocar rasteiro na saída de Gleibson.

A partir do gol, porém, percebeu-se uma mudança gradual na postura alvirrubra. Depois de algum tempo, o Náutico perdeu a força da marcação e permitiu o crescimento da equipe sertaneja. Para a sorte do time da capital, o setor ofensivo do Serra parecia ter esquecido a objetividade no Nildo Pereira e batia cabeça nas investidas.

O cenário seguiu inalterado durante boa parte da etapa final. Com suas linhas de marcação recuadas, o Timbu tentava definir o confronto nos contra-ataques. E, aos 30 minutos, o atacante Josimar, que já começava a ter o rendimento questionado pela torcida, ampliou o placar para o Náutico mostrando que não desistirá da briga pela titularidade tão fácil. Com um drible de corpo, o centroavante se livrou do marcador dentro da área e tocou com frieza no canto de Gleidson. Com a vantagem ampliada, o Serra partiu para o desespero e viu Josimar marcar seu segundo gol e Guilherme transformar a vitória em goleada: 4 a 0.

Ficha do jogo

Náutico 4
Júlio César; David, Diego, Flávio e Gaston; João Ananias, Fillipe Soutto, Bruno Alves (Guilherme, aos 33’ do 2ºT) e Patrick Vieira (Jefferson Nem, no intervalo); Renato (Jefferson Renan, aos 20’ do 2ºT) e Josimar. Técnico: Moacir Júnior.

Serra Talhada 0
Gleibson; João Carlos, Andson, Alisson e Carioca; Luciano Totó, Ramon (Jessuí, aos 29’ do 2ºT), Diogo e Paulinho Mossoró; Júnior Juazeiro e Bebeto (Pedro Maycon, aos 16’ do 2ºT). Técnico: Cícero Monteiro.

Local: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata.
Árbitro: Giorgio Wilton Macêdo dos Santos (PE).
Assistentes: Charles Rosas Pires (PE) e Aldir Amorim Pereira (PE).
Gols: Renato (aos 8’ do 1ºT), Josimar (aos 29’ do 2ºT e aos 39’ do 2ºT) e Guilherme (aos 43’ do 2ºT).
Cartões amarelos: David, Fillipe Soutto e Jefferson Nem (NAU)
Público: 1.701
Renda: R$ 49.740,00
 
Do Super Esportes  

...
 
 
 
eXTReMe Tracker