Página inicial
 
Mural de recados
25.04 | Preto e branco
Esses cara são repletos pilantras dizem q gostam do central só pode tá de sacana ...
25.04 | kaio
Licius saiu ? ...
25.04 | Israelito Almeida
Maravilhosa Graça! CONCORDO PLENAMENTE DO Alcino PM. Venho falando isso a ano ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
24/11/2014
15h33 | esportes - NÁUTICO
NÁUTICO -> Sem receber salário, técnico Dado precisou pagar refeição de delegação em Natal
CLIQUE E CONFIRA.
Do Super Esportes PE 
 
Pelo visto, a aproximação do fim da temporada acelerou alguns sintomas da crise alvirrubra. A expectativa em torno da movimentação dos bastidores foi contemplada com uma segunda-feira recheada de novas polêmicas. Uma delas, tendo o técnico Dado Cavalcanti como personagem central. Apontado como o principal responsável pela manutenção do time na Série B, o treinador, que segue sem receber nada do clube, confirmou ter tido que pagar o jantar da delegação que enfrentou o América-RN, em Natal, no último fim de semana.

Se recuperando de uma virose, em casa, Dado conversou com a reportagem do Superesportes e não se esquivou do assunto. Apesar da evidente surpresa com o vazamento da informação, o técnico confirmou ter tido que tirar do próprio bolso o pagamento do jantar do grupo após a derrota para o América-RN. “Realmente, teve isso. Deveríamos ter viajado com um valor em dinheiro, mas não sei o que aconteceu. Carlos Kila (gerente de futebol) ainda tentou passar no cartão, mas também teve um problema”, admitiu. Ainda que tenha se recusado a revelar o valor, nos bastidores, fala-se que a conta girou em torno de R$ 1,5 mil.

Dado falou também sobre os rumores de uma possível paralisação do elenco, que em princípio, deve se reapresentar na manhã desta terça-feira, no CT Wilson Campos. “Essa conversa surgiu ainda no vestiário, depois do jogo com o América-RN. Paulo Henrique (diretor de futebol) estava lá e os jogadores marcaram uma reunião com a direção para antes do treino”, esclareceu. “Inicialmente, é uma conversa para ouvir o que a diretoria tem a falar. Mas não posso falar muita coisa sobre isso. Apenas que acho a reinvidicação justa.”

A reportagem tentou entrar em contato com algum dirigente para falar sobre o assunto, mas ninguém atendeu as ligações.

...
 
 
 
eXTReMe Tracker