Página inicial
 
Mural de recados
22.06 | Paulo alvinegro
Pois é patativa também dei a viagem perdida não tinha ingresso nenhum na sede o ...
22.06 | Patativa
O central e seu amadorismo fui até o lacerdao nesta quinta feira comprar meu ing ...
22.06 | José
Boa tarde Warley, Se caso o central empatar essa partida, ele ta classificado ? ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
10/10/2014
23h06 | esportes - SÉRIE B
SÉRIE B -> Com direito a defesa de pênalti de Júlio César, Náutico vence ABC na Arena e ainda sonha com acesso
CLIQUE E CONFIRA.
A chama do sonho do acesso começava a se extinguir. O empate com o ABC no segundo jogo seguido em casa parecia ser o golpe derradeiro na esperança alvirrubra. Até os 40 minutos do segundo tempo, a frustração da torcida era externada em forma de vaias que ecoavam nas arquibancadas da Arena Pernambuco. Coube a Sassá transformá-las em aplausos com o seu segundo gol no jogo. O sétimo do novo artilheiro do Timbu na temporada. Ainda respirando na briga pelo retorno à Série A, o Náutico vai até o Maranhão no próximo sábado, onde encara o Sampaio Corrêa do técnico Lisca.

Certo de que enfrentaria um ABC postado com uma forte marcação, o Náutico começou o confronto pressionando a saída de bola advesária. E mostrou eficiência logo no primeiro lance de perigo, quando João Ananias interceptou um passe e iniciou um contra-ataque rápido, que passou pelos pés de Tadeu antes da boa finalização de Sassá. Foi o sexto gol do atacante, que alcançou o meia Pedro Carmona na artilharia (machucado desde 23 de março) do time na temporada.

Obrigado a abandonar sua estratégia inicial, o ABC passou a sair para o jogo em busca do empate. E os potiguares estiveram perto de alcançar sua meta em dois lances semelhantes. Em ambos, o atacante Zambi invadiu a área alvirrubra pela direita e caiu na área. Na segunda vez, o árbitro marcou o pênalti. Na cobrança, Júlio César saltou para a direita e espalmou a bola, permitindo que o Náutico descesse para o vestiário em vantagem.

Logo no início do segundo tempo, o temor alvirrubro de que as chances desperdiçadas na etapa inicial viessem a fazer falta se confirmou. Aos 4 minutos, Zambi aproveitou um vacilo de Rafael Cruz para invadir a área e cruzar no segundo pau. Sem marcação, Rodrigo Silva se redimiu do pênalti perdido e escorou para deixar tudo igual: 1 a 1. Sem força ofensiva, o Náutico parecia incapaz de desempatar o jogo, mas aos 40 minutos, Bruno Furlan foi derrubado na área. Na cobrança do pênalti, Sassá mostrou categoria e bateu firme no canto direito. Foi o seu sétimo gol com a camisa alvirrubra e agora, Sassá passou a ser o artilheiro do Timbu na temporada.. 

Náutico 2
Júlio César; Rafael Cruz (Neílson, aos 17’ do 2o T), William Alves, Renato Chaves e Raí; João Ananias, Paulinho e Cañete (Marcos Vinícius, aos 32’ do 2o T); Bruno Furlan, Sassá e Tadeu (Hélder Ribeiro, aos 17’ do 2o T). Técnico: Dado Cavalcanti.

ABC 1
Gilvan; Madson (Somália, aos 35’ do 2o T), Marlon, Samuel e Michel Benhami; Fábio Bahia, Marcel, Daniel Amora e Ronaldo Mendes (João Henrique, aos 26’ do 2o T); Rodrigo Silva e Zambi (Patrick, aos 23’ do 2o T). Técnico: Moacir Júnior.

Local: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata. Árbitro: Felipe Duarte Varejão (ES). Assistentes: Katiuscia Berger Mendonça (Fifa-ES) e Fábio Faustino dos Santos (ES). Gols: Sassá (aos 2’ do 1o T e aos 40’ do 2o T) e Rodrigo Silva (aos 4’ do 2o T). Cartões amarelos: Paulinho, Rafael Cruz (N) e Marcel (A). Público: 6.530. Renda:R$ 160.300,00.
 
Do Super Esportes 

...
 
 
 
eXTReMe Tracker