Página inicial
 
Mural de recados
25.04 | kaio
Licius saiu ? ...
25.04 | Israelito Almeida
Maravilhosa Graça! CONCORDO PLENAMENTE DO Alcino PM. Venho falando isso a ano ...
25.04 | Beltrão
Digamos que a espinha dorsal de uma equipe, seja formada de 5 jogadores que rece ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
12/09/2014
21h28 | esportes - SÉRIE B
SÉRIE B -> Náutico 2x1 Ceará - Timbu capricha nas finalizações e conquista importante vitória sobre o Vovô na Arena PE
Clique e Confira.
O Náutico entrou na partida com o espírito de final e a premiação foi obtida rapidamente na Arena Pernambuco. Com apenas 33 minutos o Timbu já vencia por 2 a 0 e se impos na base da vontade. Na raça. O placar final de 2 a 1 provou que o Timbu pode alçar voos mais altos, principalmente após bater um dos principais candidatos a uma das vagas na Série A de 2015. Agora, enconstado no G4, o time de Dado Cavalcanti receberá o Joinville na próxima terça-feira para que essa diferença seja diminuída mais uma vez.

Logo no início da partida um jogador se destacou pela disposição. Vinícius não limitou-se aos lances ofensivos e brigava pela bola em todos os lances. Tanta vontade de ter a posse da bola foi refletida no primeiro gol do Timbu. Aos oito minutos, após ganhar uma disputa aérea, Vinícius ficou com a bola e bateu rasteiro buscando algum pé para empurrá-la para o fundo do gol. A defesa apenas assistiu e Sassá chegou na segunda travae para abrir o placar para o Timbu.

A festa do gol alvirrubro quase teve fim em poucos minutos, já que aos 11 minutos o atacante Bill perdeu um gol incrível. Com a vantagem no placar, a equipe do técnico Dado Cavalcanti reconheceu o perigo em seguir agredindo os cearenses e recuou. As saídas apenas nos contra-ataques não surtiram efeito imediato e se não fosse por Júlio César, que evitou um gol olímpico, e William Alves, que cortou duas bola que tinham endereço certo, o empate do Ceará teria acontecido.

Tanta pressão abriu espaço na defesa do Ceará e Paulinho soube aproveitar. Com um passe em profundidade, o volante encontrou Sassá livre na entrada da área e o atacante só teve o trabalho de tirar a bola do alcance do goleiro Luis Carlos. 2 a 0 para o Timbu e a torcida que já participava do jogo ativamente só faltou entrar em campo para ajudar na marcação dos cearenses.

2º tempo
O Náutico voltou melhor na segunda etapa e não permitiu que Magno Alves e companhia respirassem nos 15 primeiros minutos. O terceiro gol alvirrubro não saiu por capricho e falta de paciência. Crislan e Renato Chaves tiveram oportunidades claras, mas não souberam aproveitar. Tanto ímpeto no ataque teve o efeito contrário e o Timbu repetiu o erro que o Ceará cometeu no primeiro tempo. Deu espaço atrás e com Magno Alves em campo não se pode vacilar. William Alves afastou nos pés de do artilheiro do Ceará, que precisou chutar duas vezes para balançar as redes de Júlio César.

O gol ligou o sinal de alerta entre os alvirrubros que tomaram as rédeas da partida novamente e não permitiram que os três pontos escapassem dentro de casa. Resultado importante e que colocou o time enconstado no G4 e manteve a boa sequência de Dado desde que assumiu o Timbu.

.
 
 
 
eXTReMe Tracker