Página inicial
 
Mural de recados
16.08 | CLEO
O TERRENO ONDE DEVEM CONSTRUIR O CT DO CENTRAL? TÁ JOGADO PRAS COBRAS, COMO SE D ...
15.08 | MARCOS LEITE
RESTA AOS SÓCIOS PROPRIETÁRIOS DO COMÉRCIO, SE UNIR, RESTAURAR E REFORMAR O CLU ...
15.08 | VICTOR HUGO
É VERDADE GUSTAVO, O CENTRALZÃO TEM Q CONSTRUIR SEU CT NINHO DA PATATIVA NO SEU ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
30/08/2014
17h30 | esportes - SÉRIE B
SÉRIE B -> Náutico cai diante da Ponte Preta (2x0) e interrompe sequência de vitórias
Clique e Confira.
A sequência de vitórias do Náutico foi interrompida com a derrota por 2×0 para a Ponte Preta em jogo realizado neste sábado no Moíses Lucarelli, pela 19° rodada da Série B.  Com o resultado, o Timbu perdeu a invencibilidade que durava três jogos. Esta foi a primeira derrota da era Dado Cavalcanti.

Os gols da Ponte foram marcados por Rafael Costa e Jonathan Cafu, todos no segundo tempo. Com a derrota o Náutico caiu para a décima posição com 27 pontos. Na próxima rodada, o time recebe o Bragantino pela 20° rodada, no sábado. O meia Vinícius volta após cumprir suspensão.

Já Cañete, ainda não está confirmado para retornar ao time. Por outro lado, o Náutico não terá os laterais Rafael Cruz e Raí que receberam o terceiro amarelo.

Com os três pontos, a Macaca foi ao sexto lugar com 31 pontos. O próximo jogo está marcado contra o Icasa mas o time de Juazeiro-CE foi excluído da competição e aguarda julgamento no STJD para definir o seu futuro.

O jogo

O Náutico entrou em campo sonolento e marcando muito mal a começar do meio de campo, que não fez a cobertura para a desentrosada dupla de zaga Flávio e Renato Chaves. O time deu muitos espaços para a Ponte que não soube aproveitar. Foi a pior apresentação desde a chegada de Dado Cavalcanti.

O time de Campinas criava as oportunidades achando os espaços, principalmente com Cafu e Rony, mas pecava na hora de finalizar ao gol. Quando acertou, Júlio Cesar estava atento e evitou o gol no primeiro tempo. O jovem Guilherme não conseguiu fazer a função de meia e deixou o time sem criatividade.

Marinho tentou assumir a responsabilidade mas sempre estava pelos lados e não encontrou espaços na defesa adversária. Tadeu foi um mero espectador em todos os minutos que esteve em campo e as laterais não funcionaram tanto na marcação, quanto na parte ofensiva.

Assim o Timbu não teve grandes chances e Dado resolveu mudar para a etapa final. Elicarlos voltou a equipe no lugar de Guilherme para reforçar a marcação. Marcação essa que começou mais adiantada com a missão de minimizar os espaços dos donos da casa.

As coisas começaram a melhorar para o Náutico depois da expulsão do zagueiro Tiago Alves, aos oito minutos. Mas, o Timbu não soube aproveitar a vantagem numérica e tomou o gol logo aos 18 minutos, com Rafael Costa que invadiu a área e tocou na saída de Júlio Cesar.

Dado então tirou Tadeu para colocar o meia Marcos Vinícius. Guto Ferreira tratou logo de segurar o resultado tirando o atacante Rony para a entrada do zagueiro Gilvan. A posse de bola passou a ser do time pernambucano mas o time chegou apenas com Marinho que mandou uma bomba para uma bela defesa de Roberto. O castigo veio aos 33 minutos com o gol de Cafu, que mereceu pela partida incansável que fez.

Ficha Técnica

Ponte Preta: Roberto; Rodinei, Tiago Alves, Diego Sacoman e Bryan; Fernando, Juninho, Roni (Gilvan) e Adrianinho (Renato Cajá); Jonathan Cafu (Adilson Goiano) e Rafael Costa. Técnico: Guto Ferreira

Náutico: Júlio César; Rafael Cruz, Renato Chaves, Flávio e Raí (Roberto); João Ananias, Paulinho, Guilherme (Elicarlos); Marinho, Sassá e Tadeu (Marcos Vinícius). Técnico: Dado Cavalcanti

Série B (19ª rodada). Estádio: Moisés Lucarelli, Campinas (SP). Sábado (30), às 16h10. Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO). Assistentes:  Jesmar Benedito Miranda de Paula e Leone Carvalho Rocha (ambos de GO).

Cartões amarelos: Náutico – Paulinho, Rafael Cruz e Raí; Ponte Preta – Tiago Alves, Fernando Bob, Renato Cajá e Adilson Goiano. Cartões vermelhos: Tiago Alves. Gols. Ponte Preta – Rafael Costa aos 8 minutos e Cafu aos 33 do segundo tempo. Público: 7.028 torcedores. Renda: R$ 63.290

 

,,,
 
 
 
eXTReMe Tracker