Página inicial
 
Mural de recados
16.08 | CLEO
O TERRENO ONDE DEVEM CONSTRUIR O CT DO CENTRAL? TÁ JOGADO PRAS COBRAS, COMO SE D ...
15.08 | MARCOS LEITE
RESTA AOS SÓCIOS PROPRIETÁRIOS DO COMÉRCIO, SE UNIR, RESTAURAR E REFORMAR O CLU ...
15.08 | VICTOR HUGO
É VERDADE GUSTAVO, O CENTRALZÃO TEM Q CONSTRUIR SEU CT NINHO DA PATATIVA NO SEU ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
23/08/2014
16h00 | esportes - SÉRIE B
SÉRIE B -> Náutico vence o América/RN por 2x1 e já se permite sonhar mais na Série B
Clique e Confira.

O Náutico pode ainda não ser uma grande equipe, que jogue um futebol envolvente para vencer os adversários com tranquilidade. Mas, com Dado Cavalcanti no comando, já é um time que permite que o torcedor sonhe com dias melhores na Série B, quem sabe até com o acesso. Foi assim neste sábado, na Arena Pernambuco, contra o América-RN, pela 18ª rodada da competição. O Timbu não atropelou os potiguares, mas fez o suficiente para garantir a vitória por 2×1, a terceira seguida na Segundona. Paulinho e Vinícius marcaram para os alvirrubros, enquanto Rafael Cruz (contra) fez o dos visitantes. O clima positivo foi tão grande no lado do Timbu, que até o público do estádio de São Lourenço da Mata melhorou, cerca de 11 mil torcedores foram acompanhar o êxito da equipe de Dado.

Com a vitória, o Alvirrubro vai para oitavo com 27 pontos, a quatro do G4 – essa diferença pode aumentar com o complemento da rodada. O América-RN fica em 14º com 23. Na próxima rodada, o Náutico encara a Ponte Preta, fora de casa. Já os potiguares atuam pela Copa do Brasil, contra o Atlético-PR, na Arena das Dunas.

O JOGO - Explorar as laterais foi a principal estratégia do Timbu na partida. Com Sassá e Marinho abertos pelos lados do campo, o Náutico tentou fazer a bola passar pelos lados do campo o máximo de vezes que conseguiu. Deu certo em muitos momentos, principalmente na esquerda com Sassá. A velocidade do atacante era o principal trunfo para que as jogadas saíssem.

Só que faltou maior pode de finalização para o Timbu. De nada adiantava ter mais posse de bola se não chutava a gol. Além disso, faltou aproximação entre os jogadores do Náutico. Em muitos momentos, Sassá ou Marinho recebiam a redonda nos lados e ficavam isolados. Isso fez com que o poder de penetração dos donos da casa ficasse reduzido. Ainda assim, o Alvirrubro conseguiu obter sair na frente na partida. Aos 20 minutos, Paulinho aproveitou bobeada da zaga visitante e mandou para o fundo das redes. A bola ainda desviou antes de ir para o gol.

10620987_10152647406320982_1418811379_n

A vantagem não fez o Náutico ter mais tranquilidade na hora de finalizar. Essa falha só foi corrigida pelo técnico Dado Cavalcanti no segundo tempo. Antes disso, o treinador teve que ver o Timbu dar espaços na defesa, curiosamente pelos lados do campo, e sofrer o empate. Depois de cruzamento, na área, Max e Rafael Cruz foram para a dividida. A bola desviou no alvirrubro e foi para o fundo da meta de Júlio César, aos 41 do primeiro tempo.

A correção de Dado no panorama do jogo, que começava a se desenhar a favor do adversário, foi feita não só com orientações, mas com mudanças de peças. A principal delas foi a entrada do meia Cañete, que deu maior criatividade ao time do Náutico, que passou a atacar pelos lados e pelo meio. Dos pés do argentino saíram o passe para o gol de desempate, marcado por Vinícius, depois de bela jogada na grande área do América-RN, aos 19 da segunda etapa.

Com a vantagem novamente na partida, o Náutico teve a tranquilidade para segurar o placar. Ao contrário do primeiro tempo, não sofreu com contra-ataques e levou poucos sustos. Mais ficou perto do terceiro do que da igualdade. O outro gol não veio, mas não fez falta para o Timbu, que garantiu mais uma vitória na Série B.

FICHA DA PARTIDA – NÁUTICO 2X1 AMÉRICA-RN

Náutico: Júlio César; Rafael Cruz, Edvânio, Flávio e Roberto (Raí); João Ananias, Paulinho e Vinícius; Sassá, Marinho (Marcone) e Tadeu (Cañete). Técnico: Dado Cavalcanti.

América-RN: Andrey; Marcelinho, Cleber, Roberto Dias e Wanderson; Márcio Passos, Val, Paulo Henrique (Paulinho Potiguar) e Morais (Daniel Costa); Max (Alfredo) e Rodrigo Pimpão. Técnico: Oliveira Canindé.

Série B (18°rodada). Local: Arena Pernambuco, São Lourenço da Mata. Árbitro: Renato Cardoso da Conceição – MG. Assistentes: Ricardo Vieira Rodrigues e Luiz Antonio Barbosa (ambos de Minas Gerais). Gols: Paulinho (N) aos 20 e Max (A) aos 41 minutos do primeiro tempo; Vinícius (N) aos 19 do segundo. Amarelos: Morais (A), Vinícius (N), Max (A), Márcio Passos (A), Roberto (N), Paulo Henrique (A), Rafael Costa (A) e Flávio (N). Público: 11.239. Renda: R$ 282.170.

Do Blog do Torcedor 


...
 
 
 
eXTReMe Tracker