Página inicial
 
Mural de recados
24.04 | Paulo
Parabéns ao povo de caruaru pelo reconhecimento do time do carcara que represent ...
24.04 | Beltrão
A vigilância tem que estar alerta, um certo clube da capital, adora oferecer cif ...
24.04 | Centralino
Lembrando a FPF que esse ano vai ser mais difícil roubar do Salgueiro, pois o se ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
12/07/2014
14h00 | esportes - NÁUTICO
NÁUTICO > Goleiros: Alessandro e Júlio César em disputa acirrada por titularidade no timbu
Clique e Confira.

 

A chegada de Júlio César dá margem a uma disputa dura pela camisa 1 como não se via há algum tempo no Náutico. Não que o posto de Alessandro esteja ameaçado, mas a "peleja" com um goleiro de currículo respeitável, como o do ex-corintiano, promete capítulos emocionantes. O atual titular finalmente ganhou uma sombra que pode incomodar. O técnico Sidney Moraes não garantiu quem será o dono da meta, mas também não afiançou sobrevida ao seu atual detentor da vaga.

- O caminho que existe para a titularidade é da concorrência em um grupo de jogadores. Júlio César chega para brigar pela posição. Temos Jefferson e Alessandro e eles têm condições de jogar. Não tem muito o que dizer, só que quem estiver melhor, vai jogar. 

Este ano, Gideão foi o titular nos quatro primeiros jogos do Náutico na Copa do Nordeste. Logo depois, Alessandro estreou e, desde então, não saiu mais. Foram exatos 30 jogos pelo Timbu - sendo dois pela Copa do Nordeste, quatro pela Copa do Brasil, 14 pelo Campeonato Pernambucano e 10 na Série B. 

 

Júlio César Náutico (Foto: Daniel Gomes)Júlio César levou o título do Mundial de Interclubes pelo Corinthians (Foto: Daniel Gomes)

Gideão foi afastado e Alessandro só teve como sombra os jovens Jefferson e Léo, das divisões de base do Náutico. Agora chega Júlio César, que passou 14 anos no Corinthians, sendo promovido ao elenco profissional em 2005. 

 

Ele era o jogador do elenco atual que mais conquistou títulos pelo alvinegro. Foram nove: dois Brasileiros (2005 e 2011), um Brasileiro da Série B (2008), dois Paulistas (2009 e 2013), uma Libertadores da América (2012), um Mundial de Clubes (2012) e uma Recopa Sul-Americana (2013). Ainda foi bicampeão da Copa São Paulo de Juniores em 2004 e 2005.

Em 2012, a disputa no gol também foi grande

O último ano em que dois goleiros disputaram o posto de titular de forma acirrada no Náutico foi em 2012. Chegaram até a se revezar na posição, mas por conta da oscilação de ambos. Gideão e Felipe foram os protagonistas do último grande embate. Das 38 rodadas da Série A daquele ano, Felipe esteve em campo em 21 delas e Gideão, em 17.

Em 2013, os dois iniciaram a disputa no primeiro semestre. Mas, no mês de julho, Ricardo Berna chegou para ocupar o posto de titular e assim permaneceu até o fim da Série A, que culminou no rebaixamento do Timbu.
 
Do globoesporte.com/PE 

 


...
 
 
 
eXTReMe Tracker