Página inicial
 
Mural de recados
23.05 | MARCOS LEITE
PERDEMOS UMA BATALHA, MAS NÃO PERDEMOS A GUERRA VAMOS GANHAR O CORURIPE, CENTRAL ...
22.05 | Davi
Essa Racreche sei não viu... ...
22.05 | Aldery
Alguém lembra aqui da Série B de 1997? Da parceria entre Central e Cadimo Barros ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
03/05/2014
18h46 | esportes - SÉRIE B
SÉRIE B <> Náutico abre dois gols de vantagem, mas cede empate no fim para o Ceará
Clique e Confira.
Raí comemora primeiro gol do Náutico após acertar bela cobrança de falta (JARBAS OLIVEIRA/ESTADÃO CONTEÚDO)
Raí comemora primeiro gol do Náutico após acertar bela cobrança de falta
O placar foi o mesmo da estreia na Série B contra o Bragantino. Desta vez, entretanto, o 2 a 2 teve um sabor bem amargo para os alvirrubros. Depois de abrir dois gols de vantagem e passar quase todo o segundo tempo com um homem a mais, o Náutico permitiu a reação do Ceará, cedendo o empate aos 40 minutos de jogo da etapa final. Apesar do visível abatimento dos atletas, o Timbu manteve sua invencibilidade no Brasileiro. O foco agora, passa a ser o encontro com o América-RN, que será disputado na terça-feira, pela Copa do Brasil.

O primeiro lance de perigo do jogo deixou claro que os alvirrubros estavam dispostos a seguir a determinação de Lisca de não se limitarem a marcar os adversários. Em uma boa jogada individual, Marinho arriscou de fora da área, assustando Luís Carlos. O posicionamento do sistema defensivo, porém, apresentava falhas que o Ceará tentava aproveitar. Em um desses lances, o atacante Tadeu desperdiçou uma boa oportunidade, ao errar o chute e cair sentado depois de pisar na bola.

Timbu jogou com um a mais em boa parte do segundo tempo da partida (JARBAS OLIVEIRA/ESTADÃO CONTEÚDO)
Timbu jogou com um a mais em boa parte do segundo tempo da partida
Quando o Ceará começou a apertar a saída de bola do Timbu, o lateral Raí passou a desempenhar um importante papel, valorizando a posse em boas investidas pela esquerda. E depois de arriscar duas vezes sem sucesso, o atleta foi finalmente recompensado. Com uma cobrança de falta primorosa, Raí acertou o ângulo direito de Luís Carlos, que nem se mexeu.

Jogando com inteligência, o Náutico mudou um pouco sua postura inicial e voltou para o segundo tempo disposto a explorar a necessidade do Ceará de buscar o empate. Não demorou para a decisão de Lisca surtir efeito. No primeiro contra-ataque cedido pelo Vozão, Careca ganhou na velocidade de Anderson e entrou cara a cara com Luís Carlos. Na hora da finalização, o marcador calçou o alvirrubro por trás. Pênalti e expulsão. Na cobrança, o volante Elicarlos mostrou categoria, deslocando o goleiro adversário para um canto e tocando a bola no outro.

Com dois gols de vantagem e um homem a mais em campo, o Náutico tinha tudo para segurar a vitória com relativa tranquilidade. Entretanto, uma falha grotesca do goleiro Alessandro deixou o jogo tenso em sua reta final. Em uma  cobrança de falta de longa distância, Ricardinho soltou a bomba. Traído pela curva da bola, o camisa 1 alvirrubro se atrapalhou e viu a bola morrer no fundo de sua barra. Aos 40, o castigo tornou-se ainda maior. Aproveitando nova falha da zaga alvirrubra, o Ceará chegou ao empate numa boa jogada de Gil.

Ceará 2
Luís Carlos, Samuel, Sandro, Anderson e Vicente; João Marcos, Ricardinho, Souza (Gil, aos 43’ do 1º T) e Felipe Amorim (Robinho, aos 16’ do 2º T); Tadeu (Alex Lima, aos 5’ do 2º T) e Magno Alves. Técnico: Sérgio Soares.

Náutico 2
Alessandro; Jackson, Leonardo, William Alves e Raí; Dê, Yuri, Elicarlos e Zé Mário (Paulo Júnior, aos 24’ do 2º T); Marinho (Rodrigo Possebon, aos 36’ do 2º T) e Careca (Vinícius, aos 19’ do 2º T). Técnico: Lisca.

Local: Arena Castelão, em Fortaleza. Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (Asp Fifa-SP). Assistentes:Márcio Luiz Augusto (SP) e Anderson José de Moraes Coelho (SP). Gols: Raí (aos 25’ do 1º T), Elicarlos (aos 6’ do 2º T), Ricardinho (aos 21’ do 2º T) e Gil (aos 40’ do 2º T). Cartões amarelos:Sandro, Ricardinho e Magno Alves (Ceará), Leonardo, Dê, Zé Mário (Náutico). Expulsão: Anderson (Ceará). Público: 9.741. Renda: R$ 115.733,00.
 
Do Super Esportes 

...
 
 
 
eXTReMe Tracker