Página inicial
 
Mural de recados
21.09 | MARCONDES
SERÁ Q O CENTRAL FOSSE PEDIR PRA PREFEITA DAR UMA GERAL NO CT, ELA PELO MENOS MA ...
21.09 | VICTOR HUGO
A PREFEITA É D CARUARU, MAS NÃO FAZ NADA PELOS 2 CLUBES CENTRAL E PORTO, ELA DEV ...
21.09 | Paulo alvinegro
É muito engraçado o presidente do central pra conseguir falar com o prefeito de ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
19/04/2014
11h16 | esportes - SÉRIE B
SÉRIE B: Com time misto, Náutico arranca empate contra o Bragantino em São Paulo - 2x2
Clique e Confira.
Estreia é sempre difícil, ainda mais quando a competição é a complicada Série B do Campeonato Brasileiro, muito mais quando a equipe coloca em campo os reservas que estão totalmente sem ritmo de jogo.

E mesmo assim o Náutico arrancou um empate por 2×2 diante do Bragantino no estádio Nabi Abi Chedid em Bragança Paulista, pela primeira rodada da Série B.

O técnico Lisca escolheu ir à São Paulo com um time mesclado por conta da segunda partida da final do Campeonato Pernambucano. Cheio de garotos o time não fez uma boa partida, chegou a tomar 2×0, mas uniu forças e conseguiu o empate.

Os gols do Braga foram marcados por Tássio, aos 47 minutos do primeiro tempo e Léo Jaime, aos 22 do segundo tempo.Pelo Náutico, Hugo, de pênalti, aos 25 e Leleu, aos 45 do segundo tempo.

Agora, o time paulista vai até Santa Catarina enfrentar o Avaí na próxima terça-feira, enquanto o Timbu tem a decisão do Pernambucano na próxima quarta-feira. Depois, recebe o Vila Nova-GO na Arena PE, no sábado.

O Jogo

Foi difícil, com um time cheio de garotos, para o Náutico se sobressair frente ao Braga no Nabi Abi Chedid. Em campo uma equipe desarrumada e confusa, errando muitos passes e sendo pouco produtivo no ataque.

Logo aos seis minutos o goleiro Alessandro cresceu na frente de Gustavo e fez uma grande defesa. O lance aconteceu após bobeada da zaga. Sem poder de criação o Náutico teve que apelar para as bolas paradas.

Aos nove minutos teve uma boa oportunidade, mas o volante Gustavo Henrique jogou a bola na barreira. As principais jogadas do Braga eram criadas pela direita, mas o lateral Gedeílson não estava com o pé calibrado e não acertava os levantamentos na área.

Era no escanteio que o time paulista assustava mais. Em um dos lances, a bola pingou na grande área mas ninguém apareceu para finalizar.

Tentando sair para o jogo o Náutico assustou com Hugo, que chutou cruzado mas ninguém apareceu, isso aos 28 minutos. Aos 45, após falta cobrada por Izaldo, William Alves subiu sozinho e tocou pra fora.

Parecia que os primeiros 45  minutos acabariam assim. Mas, aos 47 o castigo veio – Falta cobrada na área e o centroavante Tássio subiu sozinho e abriu o placar.

Na segunda etapa Lisca fez alterações tentando colocar mais ofensividade em campo, Renato e Leleu entraram nos lugares de Izaldo e Geovane.

O Timbu até começou melhor, mais rápido e tocando um pouco melhor a bola. Do outro lado, o alvinegro passou a apostar nos contra-ataques, e em um deles quase marcou o segundo, após boa jogada de Léo Jaime.

Renato entrou bem no jogo mas aos 14 minutos esqueceu o futebol e tentou mostrar suas qualidades como ator, caiu na área, mas a cena não convenceu o árbitro.

O segundo gol do Braga veio aos 22 minutos, após linda jogada de Léo Jaime, que driblou William alves e chutou forte de perna esquerda no ângulo de Alessandro.

Não demorou muito para a reação começar. Aos 25, João Ananias foi derrubado e o árbitro marcou pênalti. Hugo cobrou bem e diminuiu.Após o gol alvirrubro o jogo perdeu em emoção por alguns minutos, o Braga abdicou do ataque e o Náutico ainda pecava nos passes e nas finalizações por causa do desentrosamento.

Lisca mecheu mais uma vez, colocou Hélder Maurílio no lugar de Gustavo. Mas não foi esta mudança que surtiu o efeito que ele esperava. Foi a do jovem Leleu, que aos 46 minutos arriscou de longe e marcou um belo gol. Fim de jogo em Bragança Paulista e o Náutico estrou com um bom empate fora de casa.

Ficha de jogo

Bragantino: Leandro Santos; Alex Moraes, Guilherme e Yago (André Astorga); Gedeílson, Francesco, Fabiano (Robertinho), Gustavo e Pará; Léo Jaime e Tássio (Paulinho). Técnico: Marcelo Veiga.

Náutico: Alessandro, João Ananias, Diego, William Alves e Izaldo (Leleu); Gustavo Henrique (Hélder Maurílio), Rodrigo Possebon, Roberson e Liniker; Geovane (Renato) e Hugo. Técnico: Lisca

Campeonato Brasileiro Série B (1°rodada)
Local: Estádio Nabi Abi Chedid (Bragança Paulista-SP)
Árbitro: Alinor da Paixão (MT).
Assistentes: José Larroyd e Fernanda Colombo Uliana (ambos de SC).
Cartões amarelos: Bragantino (Francesco, Alex Morais); Náutico (Izaldo, Liniker, Gustavo Henrique, Roberson)
Gols: Bragantino – Tássio(aos 47 min do 1°t) e Léo Jaime (aos 22 min do 2°t), Náutico – Hugo (de pênalti, aos 26 min e Leleu aos 45 do 2°t)
 
Do Blog do Torcedor 

...
 
 
 
eXTReMe Tracker